Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Nada de sensualidade no Cristo Redentor: pe. Gabriel elogia decisão de dom Orani

MOON,CHRIST THE REDEEMER

Yasuyoshi Chiba | AFP

Pe. Gabriel Vila Verde - publicado em 30/09/20

"Aos pés daquela estátua existe um santuário com a presença de Jesus Eucarístico; não é lugar para gravar clipes sensuais", afirma o padre

Nada de sensualidade no Cristo Redentor. Dom Orani Tempesta não permite filmagem de clipe sensual no Cristo Redentor. A notícia repercute nas redes sociais e não faltam críticas e acusações de “censura” e “autoritarismo”. Mas a maioria dos comentários reconhece: a decisão do cardeal é coerente. O monumento, afinal, é abertamente cristão.

Dom Orani recordou algo muito simples com a sua decisão: o Cristo Redentor representa a fé e o amor de milhões de brasileiros por Jesus Cristo. E basta um pouco de empatia e respeito ao próximo para entender que essa fé e esse amor não são compatíveis com formas mundanas de entretenimento. Aliás, as formas mundanas de entretenimento já contam com inúmeros outros cenários à sua disposição.

“O mundo tem que aprender a respeitar”

O pe. Gabriel Vila Verde, por exemplo, se manifestou via Facebook. Ele elogiou dom Orani porque o cardeal respeitou e fez respeitar a natureza e o significado religioso do Cristo Redentor.

Assim escreveu o padre em seu perfil pessoal:

Quero fazer aqui uma singela homenagem ao Cardeal do Rio de Janeiro, Sua Eminência Reverendíssima Dom Orani Tempesta, pela santa atitude de proibir a gravação da cantora Anitta no Cristo Redentor. Para quem não sabe, o monumento pertence à Arquidiocese do Rio. E, aos pés daquela estátua, existe um santuário com a presença de Jesus Eucarístico, onde já tive a honra de celebrar a Missa. Sabemos que a referida cantora está acostumada a gravar clipes sensuais e pornográficos. Logo, aquele lugar não é propício para tal evento. Que este gesto de Dom Orani seja conhecido por todos, para que o mundo aprenda a respeitar nossa religião e nossos espaços sagrados. Em nome de uma certa tolerância, estamos ficando cada vez mais acuados e amordaçados. Se não ocuparmos nosso lugar na sociedade, a Igreja será cada vez menos respeitada. Como diz o antigo ditado, quem não se impõe, não se estabelece. A hora é agora!

Simplesmente respeito

Centenas de sites, ao longo da semana, espalharam variações desta manchete: “Nada de sensualidade no Cristo Redentor”. Muitos acusaram dom Orani de intolerância, mas, com isto, apenas demonstraram a própria intolerância aos católicos e à sua fé.

O cardeal, porém, manifestou respeito não só ao Cristo Redentor e aos católicos, mas à população brasileira como um todo. A natureza e o significado desse monumento, afinal, são autoexplicativos. E qualquer pessoa, se quiser de verdade, consegue enxergá-los e aceitar o convite a respeitá-los.

A essência da mensagem, aliás, é simplesmente esta: respeito.


Cristo Redentor

Leia também:
Ativista diz que estátuas de Jesus são “supremacia branca” e devem ser demolidas

Tags:
IdeologiaIgrejaReligião
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia