Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Histórias Inspiradoras

Bombeiros erguem homem que queria se despedir da mãe pela janela do asilo

bombeiros filho despedida mãe asilo

Circle Retirement Community / Redes Sociais (Reprodução)

Francisco Vêneto - publicado em 05/10/20

Mais família, menos barreiras: eles ajudaram Scott Wolf a chegar até o segundo andar do prédio para ver a mãe pela última vez

Mais família, menos barreiras! O sofrimento das pessoas com o coronavírus já é grande em si mesmo. É desumano, portanto, impor ainda mais obstáculos para que pais e filhos possam ao menos se despedir.

Mas, felizmente, não faltam iniciativas inspiradoras para suavizar esse momento doloroso.

Jean Wolf tinha 94 anos e era professora aposentada. Ela vivia no asilo Circle Retirement Community, em Bridgewater, no Estado norte-americano da Virgínia. A pandemia de covid-19, porém, alterou bruscamente as visitas familiares ao asilo. Por isso, o filho da professora, Scott, não pôde entrar no edifício para ver a mãe em seus últimos momentos.

Segundo sites dos EUA, a coordenadora da entidade, Sarah Petty, informou a Scott que sua mãe estava prestes a partir desta vida. Mas como ele poderia se despedir?

Mais família, menos barreiras!

Havia restrições severas para entrar no asilo, porque, além do risco para os residentes, também a mulher de Scott faz parte do grupo de risco: ela está em tratamento com quimioterapia.

Sarah declarou à imprensa local:

“Eu estava tentando pensar fora da caixa para colocar esse homem no segundo andar e ele poder se despedir”.

Ela então pediu ajuda ao Corpo de Bombeiros e eles rapidamente aceitaram ajudar Scott a ver sua mãe pela última vez neste mundo.

Os bombeiros usaram o caminhão da corporação para erguer o homem até a janela do segundo andar. Deste modo, Jean e Scott puderam se despedir.

A professora, de fato, faleceu no dia seguinte.

Sim, é preciso manter os cuidados fundamentais para combater a covid-19. Mas não é necessário impor sofrimentos desumanos a doentes e familiares. Mais família, menos barreiras!


Janelas da covid: jovem palestino escala hospital para se despedir da mãe

Leia também:
Jovem escala parede para ver a mãe internada com Covid-19

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CoronavírusFamíliaFilhosmãeMorte
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia