Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 13 Maio |
Santa Gema
home iconAtualidade
line break icon

Saiba mais sobre canção de Vinicius de Moraes citada pelo Papa

garlaschelli francesco / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 07/10/20

Samba da Bênção foi composto pelo Poetinha, que faria 107 anos, em parceria com Baden Powell

Neste domingo (4) o Papa Francisco divulgou uma nova encíclica chamada Fratelli Tutti (Todos Irmãos, em italiano) na qual defende que todo ser humano tem o direito de viver “com dignidade e desenvolver-se plenamente”. Em um texto de 84 páginas no qual salienta a importância das relações humanas, o Papa citou um trecho de Samba da Bênção, composição do poeta brasileiro Vinicius de Moraes (1913–1980), que completaria 107 anos no próximo dia 19. “A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro na vida”, foi o trecho clássico destacado pelo Papa. 

Dupla

O poema-musicado é resultado da série Afro-sambas, que originou o disco de 1966 em dupla com o violonista Baden Powell (1937–2000), que incorpora ao samba elementos sonoros e religiosos de matriz africana ao samba. Acostumado a fazer parcerias com a nata da bossa nova, como com Tom Jobim, Dorival Caymmi e Toquinho, o Poetinha conheceu o virtuoso instrumentista negro no início dos anos 60, quando morava em Montevidéu, no Uruguai, onde trabalhava como cônsul-adjunto, e costumava vir ao Rio de Janeiro e se hospedar no apartamento de sua mulher Maria Lúcia Proença, no Parque Guinle. 

“Duvido que haja na MPB uma parceria que tenha feito tanto em tão pouco tempo. […] Compúnhamos dia e noite, com muito uísque na cuca – mesmo porque quem é que ia pensar em comer? Bom Dia, Amigo, Samba em Prelúdio, Só Por Amor, Consolação e os primeiros afro-sambas datam desse período de criação e bem dizer incoercível, como Canto do Caboclo Pedra-Preta, Canto de Iemanjá, e Berimbau. […] Daí nos tornamos íntimos amigos, sem reservas e segredos um para o outro”, escreveu Vinicius de Moraes no livro de crônicas Meu Parceiro Baden Powell (Beco do Azougue, 2008). 

Modernismo musical

Da parceria musical entre Vinícius de Moraes e Baden Powell surgiram várias canções inspiradas na música sacra afro-brasileira, como Canto de Iemanjá, Canto de Xangô, Canto de Ossanha, Lamento de Exu e Canto do Caboclo Pedra Preta, que entram no álbum clássico Afro-sambas, considerado um marco do modernismo musical. O trabalho é resultado de um movimento pessoal de Vinicius de Moraes, que era comum nos anos 60, que foi o de virar as costas para sua formação acadêmica e elitizada e abraçar a cultura popular. A sequência de encontros ainda rendeu canções importantes que já haviam sido gravadas por outros artistas, como Consolação, gravada por Elizeth Cardoso, e o próprio Samba da Bênção, que já era sucesso na voz de Maria Bethânia. 

Além do trecho citado pelo Papa, a canção como um todo é uma lição de sabedoria sobre como superar os obstáculos das relações sem perder a graça e o encanto, como mostram os seguintes versos: 

“Você que une a ação ao sentimento E ao pensamento Feito essa gente que anda por aí Brincando com a vida Cuidado, companheiro! A vida é pra valer E não se engane não, tem uma só Duas mesmo que é bom Ninguém vai me dizer que tem Sem provar muito bem provado Com certidão passada em cartório do céu E assinado embaixo: Deus E com firma reconhecida! A vida não é brincadeira, amigo A vida é arte do encontro Embora haja tanto desencontro pela vida.” 

Viva o Papa, viva o encontro e viva Vinicius de Moraes!




Leia também:
“Fratelli tutti”, sobreviventes e refugiados da pandemia




Leia também:
As orações da encíclica “Fratelli tutti” assinada pelo Papa Francisco

Tags:
MúsicaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Reportagem local
Triste, surpreendente, inspirador: o drama e o recomeço da menina...
3
ELDERLY,WOMAN,ALONE
Aleteia Brasil
O pe. Zezinho e a mãe que espera há 30 anos, sem sucesso, pelo pe...
4
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
5
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
6
FRANCISCO AND JACINTA MARTO
Tom Hoopes
As lições dos pastorinhos de Fátima aplicadas ao coronavírus
7
Reportagem local
3 fatos cientificamente inexplicáveis sobre a imagem de Guadalupe
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia