Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconReligião
line break icon

Altar profanado por padre em ato obsceno é queimado em reparação

Igreja em Pearl River tem altar profanado

Paróquia de São Pedro e São Paulo / Arquidiocese de Nova Orleans, EUA (Reprodução Redes Sociais)

Igreja de São Pedro e São Paulo em Pearl River, Louisiana

Francisco Vêneto - publicado em 14/10/20

O arcebispo descreveu a profanação do altar como demoníaca

Altar profanado em ato sexual realizado e filmado por padre: esta manchete surreal chocou e entristeceu católicos do mundo inteiro na semana passada.

E não é para menos. Afinal, além da grave infidelidade do sacerdote à própria consagração, o ato constitui um doloroso sacrilégio. Pelo menos não há vítimas como num caso de abuso sexual, mas, ainda assim, o altar é consagrado para receber a Presença Real de Jesus Cristo na Santíssima Eucaristia. A sua profanação, por isso, é particularmente penosa para todo católico fiel.

A polícia de Nova Orleans, nos EUA, deteve Travis Clark, de 37 anos, sob a acusação de prática de ato obsceno em local visível ao público. De fato, uma janela da igreja permite ver o presbitério a partir da rua. Mas não é só isso: o local era sagrado. O padre profanou o altar da igreja de São Pedro e São Paulo em Pearl River, na Luisiana, onde ele mesmo era o pároco.

Altar profanado em ato sexual

O padre foi flagrado realizando e filmando o ato obsceno sobre o altar na companhia de duas mulheres: Mindy Dixon, de 41 anos, e Melissa Cheng, de 23. Segundo informações da polícia, eles instalaram iluminação profissional para filmagens sobre o presbitério, o que demonstra a premeditação da profanação.

Mindy Dixon, de fato, é atriz pornográfica de carreira. Além disso, de acordo com veículos de imprensa norte-americanos, ela publicou em rede social, um dia antes da detenção, que estava indo a Nova Orleans “para profanar uma casa de Deus“.

A polícia não indiciou o padre por abuso sexual, porque houve livre consenso entre os envolvidos. A procuradoria, no entanto, aceitou a acusação de obscenidade contra ele e as duas mulheres, já que o ato sexual sacrílego era visível a transeuntes e vizinhos.

Profanação demoníaca

A Arquidiocese de Nova Orleans destituiu imediatamente o padre do ministério.

O Código de Direito Canônico, por sua vez, determina em seu cânon 1376 que a profanação de um altar deve receber justa punição. No caso do sacrilégio que o padre cometeu, a pena deverá ser bastante severa.

De fato, dom Gregory Aymond, arcebispo de Nova Orleans, descreveu o ato do sacerdote como “demoníaco”. Ele afirmou, ademais, que esse padre jamais voltará ao ministério católico.

“O comportamento obsceno de Travis Clark foi deplorável. A profanação do altar na igreja foi demoníaca. Estou enfurecido com o que ele fez. Quando esclarecerem os detalhes, vamos retirar aquele altar e queimá-lo. Eu vou consagrar um novo altar”.

Dom Aymond também realizou uma liturgia penitencial de reparação. Além disso, ele pediu orações pelos paroquianos e pela comunidade escolar que o padre sacrílego atendia.

Quanto ao altar, a arquidiocese confirmou posteriormente que ele já foi queimado em reparação pelo sacrilégio.


POPE FRANCIS

Leia também:
Regras rígidas: arquidiocese de Nova Iorque afasta 4 padres acusados de pedofilia

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
IgrejaPadresPornografia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia