Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Atualidade

Como Iphone 12 vai contra modelos de consumo consciente

WOMAN LOOKING AT PHONE

Shutterstock

Octavio Messias - publicado em 15/10/20

Embora seja o pontapé inicial da tecnologia 5G, estratégia de lançamento do aparelho não leva em consideração o consumidor nem o meio-ambiente

Comprei um MacBook em uma viagem em 2014. Cheguei a uma Apple Store em Nova York já com o modelo que eu queria em mente, e quando cheguei lá me surpreendi ao constatar que sua versão mais atual não possuía drive para CD e DVD. Para solucionar o problema, o vendedor sugeriu que eu comprasse um drive avulso, que se conecta ao computador via USB, pelo qual, obviamente, eu teria de pagar à parte. Optei pela versão mais antiga, que vinha com o drive e custava mais barato. 

Saí de lá me sentindo esperto, como se tivesse conseguido driblar o sistema hostil da empresa de eletrônicos que possui o design mais bonito, a tecnologia mais avançada e aparelhos com o sistema operacional mais inteligente e intuitivo, em minha opinião. Isso até querer conectar o notebook na televisão e descobrir que a saída de vídeo é especial da Apple e só comporta cabos vendidos (por valores nada convidativos) em suas lojas autorizadas. No desenvolvimento do produto, a Apple vai criando esses pequenos mecanismos que fidelizam o cliente não só com relação aos seus acessórios, mas também na troca dos seus aparelhos. 

iPhone

A cada ano, nesta mesma época, milhares de fanáticos pela marca fazem fila nas Apple Stores ao redor do mundo para comprar em primeira-mão o iPhone mais recente. O que deve se repetir na próxima sexta (23), quando o iPhone 12 estará disponível nas lojas (a pré-venda começa amanhã).

Conforme anunciou Tim Cook, vice-presidente da Apple, nesta terça-feira (13), durante o evento de lançamento, o novo iPhone não virá com cabo para carregar a bateria e nem com fones de ouvido. Isso apenas dois anos depois de terem mudado a entrada do fone, obrigando mais uma vez o seu público a investir nos acessórios revendidos pela empresa.

Seu fundador Steve Jobs (1955-2011) concebeu não só um aparelho em que nenhuma peça se destaca facilmente, como um modelo de negócio totalmente hermético. Embora esse sistema ainda seja muito lucrativo, ele hoje parece um tanto ultrapassado com relação a uma tendência de horizontalização na relação com o consumidor, que vem sendo implementada também por multinacionais. 

Sustentabilidade

O modelo de negócio da Apple ainda parece atrasado do ponto de vista ambiental, no sentido de que seus produtos não são feitos para durar. Além da obsolescência programada, o que faz o aparelho começar a apresentar problemas após algum tempo, a empresa não fabrica nem fornece peças de reposição. Isso numa época em que empresas estão trabalhando com material reciclado e unindo esforços para tornar suas operações mais sustentáveis. 

Questões que valem ser consideradas antes de se considerar adquirir uma das quatro versões do lançamento (iPhone 12 Mini, iPhone 12, iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max), com preços no Brasil entre R$ 3.900 e R$ 6.000, o equivalente a um carro usado.

Para conhecer mais sobre o gênio criativo (e atormentado) de Steve Jobs e entender como construiu seu império, assista à Jobs (2013), sua cinebiografia, estrelada por Ashton Kutcher e disponível no GloboPlay. 


PARENT CHILD

Leia também:
Como resgatar seu poder de pai e mãe quando se trata de tecnologia e filhos


Snapchat

Leia também:
Documentário no Netflix traça panorama assustador das redes sociais

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Meio ambienteRedes sociaistecnologiaValores
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia