Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 20 Setembro |
home iconEspiritualidade
line break icon

“Oração contra o coronavírus”: um dos termos mais procurados no Google

ROSARY

Anna Nass | Shutterstock

Cecilia Zinicola - publicado em 20/10/20

Um estudo mostra que 68% da população mundial recorreu à fé para enfrentar a adversidade da pandemia

O termo “oração contra o coronavírus” é um dos mais procurados de todos os tempos no Google. É o que mostra uma pesquisa com dados diários das buscas feitas em 95 países na plataforma de pesquisa.

A professora Jeanet Sinding Bentzen, da Universidade de Copenhague é uma das coordenadoras do estudo. Ela descobriu, de fato, que o aumento no número de consultas sobre a “oração contra o coronavírus” era um fenômeno global.

Assim, pode-se dizer que as pesquisas no Google refletem o interesse das pessoas em tempo real. Em março de 2020, quando a OMS declarou a pandemia, as pesquisas pela palavra “oração” registraram o nível mais alto já registrado. Superou as consultas por termos ligados a eventos religiosos importantes, como Natal e Páscoa, por exemplo.

De fato, as buscas aumentaram em todos os cantos do planeta, inclusive no norte da Europa, onde poucas pessoas recorriam à oração antes da existência do vírus. O interesse atingiu, portanto, em todos os continentes e em todas as denominações religiosas.

O aumento maior, entretanto, aconteceu na América do Sul e na África. Como se sabe, essas são algumas das regiões mais religiosas do mundo.

Além disso, o estudo mostrou que o aumento pelo termo “não aconteceu simplesmente como substituo dos serviços das igrejas físicas, que fecharam as portas para evitar a propagação do vírus. O aumento se deve, pois, a uma demanda intensificada pela religião: rezamos para enfrentar a adversidade”. 

Deste modo, conclui-se que momentos difíceis como o que o mundo está atravessando provocam um despertar da consciência. As fortes experiências são capazes de abrir a mente e o coração a Deus,  em busca da paz interior, consolo e explicação. Os resultados, então, revelam que muitas pessoas em todo o mundo rezam e buscam uma relação mais próxima a Deus.

Oração e fé ao redor do mundo

Mais da metade da população mundial fez alguma oração contra o coronavírus. A fé, portanto, atua como um verdadeiro escudo que nos protege em tempos de crise.

A partir da perspectiva cristã, a fé tem como base a vulnerabilidade humana. E ali há uma grande força. Deus, em Cristo, assume o sofrimento, o abandono e a morte. Assim, não há nada que podemos experimentar que não tenha sido experimentado por Ele. Isso é uma força poderosa de consolo que nos une de modo especial com os que mais amamos nos tempos de dor.

Ao mesmo tempo, a fé tem componentes positivos que trazem o bem-estar físico e espiritual. As transmissões ao vivo da missa, meditações e atividades virtuais, por exemplo, fizeram com que a Igreja deixasse de ser apenas uma atividade dominical. Ela passou a ser, então, uma atividade diária para pessoas que antes da pandemia diziam estar muito ocupadas.

O legado das crises

Por outro lado, a evidência demonstra que as crises fortaleceram o papel da religião em todo o mundo de forma permanente. Embora esse aumento tenha sido imediato, indica um resíduo que será transmitido por anos para as futuras gerações, como aconteceu depois da Segunda Guerra Mundial, por exemplo. 

Em suma, a tragédia desperta uma consciência que dá lugar a um sentido mais profundo de Deus. É, sem dúvida, um convite a explorar o mundo interior, a conectar-se consigo mesmo, a tirar proveito de todo o seu potencial, a a ajudar os outros e abraçar a vida com mais esperança. Só o tempo mostrará que isso realmente aconteceu durante a crise da Covid-19.


PRAYER

Leia também:
Oração para pedir proteção contra o coronavírus


SAINTS GOOGLE SEARCH

Leia também:
Os 12 santos mais procurados no Google

Tags:
covid-19OraçãoPandemia

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
7
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia