Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconEspiritualidade
line break icon

Dia de Finados: pensar na morte e analisar a vida

ALL SAINTS DAY

Pascal Deloche | GoDong

Padre Reginaldo Manzotti - publicado em 02/11/20

Quando pensamos na nossa vida, devemos sempre colocar como meta final a santidade

Estamos em uma semana que nos faz refletir sobre como estamos conduzindo a nossa vida. O Dia de Finados nos faz lembrar dos nossos entes queridos que já se foram, mas também sobre a nossa própria morte (sim, filhos e filhas, por mais que não compreendamos, todos nós vamos morrer um dia). E paradoxalmente, quando pensamos na morte, acabamos por analisar a vida.

Não é por acaso que a Igreja, sabiamente, coloca uma festividade bem próxima ao Dia de Finados, o Dia de Todos os Santos. Isso porque, quando pensamos na nossa vida, devemos sempre colocar como meta final, a santidade.

Vocação à santidade

É importante reforçar que todos nós temos a vocação à santidade. Toda a Sagrada Escritura é um chamado à santidade; ela exorta que a santidade de Deus deve ser imitada: “Assim como é santo o Deus que os chamou, também vocês se tornem santos em todo o comportamento, porque a Escritura diz: “Sejam santos, porque eu sou santo” (1Pd 1,15s).

Muitos têm a concepção de que santos são aqueles que tiveram feitos extraordinários, que fizeram milagres e por isso estão nos altares de nossas igrejas. Porém, é possível se santificar pela pequena via, como fez Santa Teresinha do Menino Jesus. É possível nos santificar vivendo a nossa realidade do dia a dia. Sempre digo que os grandes gestos nos tornam heróis e os pequenos nos tornam santos. A santidade consiste em buscar a face de Deus e ser santo como Ele é Santo (Mt 5,48).

Extensão de Deus

Somos o que somos, porque Deus quis, somos o que somos porque Deus nos fez, portanto, nós somos uma extensão de Deus, um derramamento de Deus. Viemos de Deus e nossa alma anseia por Deus. Pode o ser humano, nas suas diversas culturas, aceitar ou não: nós temos saudades do Criador, está em nossa natureza, está em nossa essência, está em nossa matéria.

Não há necessidade de religião, não é preciso rótulo, é antropológico, é da natureza a fome de Deus, a fome de eternidade, a fome de encontrar o Criador, que só Jesus vem saciar. Ele nos disse: “Eu sou o pão da vida: aquele que vem a mim não terá fome, e aquele que crê em mim jamais terá sede” (Jo 6,25).

Para nós que estamos na busca pela santidade, todo dia procuramos saciar o latente desejo que temos de Deus. Jesus se dá Ele mesmo em comida e bebida (cf. Jo 6,52-59). Então, Jesus nos nutre naquilo que somos por excelência, aquilo que fomos e um dia seremos, face a face com o Criador.

Caminho, verdade e vida

Disse Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14,6a). Ao colocar essas afirmações, Ele consegue condensar, sintetizar o processo de santificação, de humanização, de divinização e de cura. Ele mostra como pode fazer um processo de cura do homem todo e todo homem, porque a grande meta de Jesus é que o homem todo e todo o homem seja perdoado, regenerado, curado n’Ele

Filhos e filhas, que sejamos santos como o nosso Deus é santo, pois “Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação” (1Ts 4,3). Que Nossa Senhora e todos os santos nos ajudem nessa caminhada rumo ao céu.


WOMAN CHURCH

Leia também:
Dia de Finados: o que é e de onde vem


MOTHER TERESA

Leia também:
Conselhos preciosos de Madre Teresa para alcançar a santidade

Tags:
santidadevida eterna
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia