Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 02 Dezembro |
São Cromácio de Aquileia
home iconAtualidade
line break icon

Ideologia de gênero no STF: tribunal tirou de pauta, mas não arquivou

Ideologia de gênero no STF do Brasil

Wikipedia (Leandro Ciuffo - Flickr) - CC BY 2.0

Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil, em Brasília

Pe. José Eduardo Oliveira - publicado em 06/11/20

Pe. José Eduardo: "Isto significa que precisamos continuar trabalhando, pois o tema voltará a qualquer momento"

Ideologia de gênero no STF: o tribunal tirou o tema da sua pauta nesta quarta-feira, 4, mas não o arquivou. É isto o que destaca o pe. José Eduardo Oliveira, que postou em sua rede social um comentário importante a respeito das discussões sobre ideologia de gênero no Brasil:

Gênero: STF tirou de pauta, mas não arquivou

O presidente do Supremo retirou a ADI 5668 de pauta [na quarta-feira, 4 de novembro], mas não a arquivou. Isto significa que precisamos continuar trabalhando, pois o tema voltará a qualquer momento.

A “desconstrução da heteronormatividade” (PNDH3) coincide com a educação para a “mente plenamente sexuada” (Sh. Firestone), o que significa simplesmente diluir a “complementaridade do homem e da mulher” (K. Davis) no indefinido, desconfigurando o desejo sexual para que ele se torne completamente desorientado.

Educar crianças para manipular a sua personalidade ainda em formação com o objetivo de desprogramar a sua sexualidade é algo inaceitável. Ora, mas, sem isso, como é que a tal “performatividade de gênero” poderia dar certo? Butler entende que não existe uma “identidade como causa”, mas apenas “palavras, atos, gestos e desejo” que “produzem o efeito… na superfície do corpo, por meio do jogo de ausências significantes” (Problemas de gênero, p. 194). Na linguagem obscura de Butler, isto significa apenas que não há uma essência (há uma ausência significante) por trás das performances, que são elas mesmas vazias e caóticas, propositalmente calculadas para serem subversivas.

“Combate ao preconceito” é somente uma desculpa

Diante de uma engenharia comportamental tão psicologicamente violenta, é óbvio que a alegação de “combate ao preconceito” é tão somente uma desculpa, um instrumento retórico que recobre finalidades sociologicamente muito mais profundas: em 1967, K. Davis já explicitara que a “desconstrução da complementaridade do homem e da mulher” tinha como finalidade a “redução demográfica”, em função da qual também se criou todo o lobby internacional do aborto.

Mas as nossas crianças precisam disso? As nossas famílias o querem?

Parece-me mais do que claro que o grande objetivo por detrás dessa maquinação diabólica é realmente reduzir a sociedade ao mínimo de mão-de-obra indispensável para tocar adiante o mercado, que será, este sim, o grande beneficiário de uma civilização construída tão somente sobre fundamentos econômicos.

É uma pena se os nossos ministros do STF submeterem uma matéria tão delicada à votação sem antes ouvirem cuidadosamente todas as pessoas que sabem realmente não apenas o sentido deste jogo alucinante de palavras chamado “teorias de gênero”, mas também que conhecem bem a intencionalidade absurda que existe por detrás disso tudo.

Esta não é uma mera questão jurídica, de interpretação das leis do Estado. Esconde-se por trás disso uma nova antropologia, uma nova cosmovisão, as quais, se fossem conhecidas pelos nossos ministros, lhes causariam um enorme assombro, tal como na Noruega causou escândalo, a ponto que tiveram de fechar como agência criminosa o órgão responsável por disseminar a “ideologia de gênero” naquela sociedade.


GENDER BRAINS

Leia também:
Pe. José Eduardo: um truque da retórica de gênero

Tags:
Ideologia de GêneroJustiça
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
PERU
Pablo Cesio
Peru: o menino de 6 anos que reza a Deus de j...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Papa Francisco
Reportagem local
A oração diária de Advento que o Papa Francis...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia