Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 24 Novembro |
Santas Flora e Maria
home iconAtualidade
line break icon

Grupo indígena depreda paróquia, agride padres e exige falar com bispo

CRUCIFIX

Shutterstock

Reportagem local - publicado em 09/11/20

Os mapuches mantiveram um frade consigo na igreja enquanto depredavam bancos e vidros e jogavam tinta no Crucifixo e nas imagens de santos

Grupo indígena depreda paróquia e agride padres na Argentina: a notícia é da última sexta-feira, 6 de novembro, quando membros da etnia mapuche invadiram a paróquia de Nossa Senhora de Luján, no povoado de El Bolsón, perto de Bariloche e da fronteira com o Chile.

De acordo com a mídia local, eles agrediram o pároco e mantiveram um frade franciscano como refém durante cerca de uma hora, no final da manhã.

O padre Ricardo Citadini relatou que duas senhoras do grupo chegaram à paróquia pedindo para usar o banheiro. Atrás delas, porém, vieram aproximadamente doze encapuzados que o jogaram no chão. O padre conseguiu sair da igreja, mas não teve tempo de ajudar o frei franciscano Ariel Borras a sair também. Os invasores o mantiveram consigo dentro da igreja, enquanto quebravam vidros, amontoavam os bancos e jogavam tinta vermelha no Crucifixo e nas imagens de santos.

ARGENTINA
Municipalidad El Bolsón

O pe. Jorge Peixoto, superior da comunidade da paróquia, se juntou ao grupo para tentar dialogar. Os indígenas, de fato, afirmavam que queriam falar por telefone com o bispo da diocese de San Isidro, à qual pertence a paróquia.

O motivo da demanda dos mapuches é que a justiça local está prestes a ordenar a reintegração de posse de um terreno da diocese que eles invadiram alguns meses atrás.

Ao ser acionado por telefone durante a invasão da igreja, o bispo dom Oscar Ojea impôs a imediata desocupação do templo como condição para dialogar com o grupo indígena.

Além disso, a diocese solicitou o adiamento da execução da ordem judicial, visando garantir mais medidas de segurança inclusive para os mapuches.

A saída dos invasores da igreja, entre gritos e cantos, foi registrada no seguinte vídeo:




Leia também:
Três igrejas atacadas na zona mapuche do sul do Chile

Tags:
IdeologiaigrejasViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
AGNUS DEI,LAMB
Jesús Colina
Ninguém consegue ouvir este “Agnus Dei” sem s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia