Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
home iconEstilo de vida
line break icon

Como agir se nossa consciência tem dúvidas sobre uma questão?

DOUBTFUL

GaudiLab | Shutterstock

Robert McTeigue, SJ - publicado em 11/11/20

Afinal, você não pode se dar ao luxo de estar errado sobre questões moralmente graves

Verdadeiro ou falso: viver com uma consciência é como dirigir um carro com os freios puxados.

Minha resposta: Não exatamente!

É verdade que a consciência pode atuar como freio em nossa atividade moral, retardando-nos para que tenhamos tempo para refletir, para que não ajamos precipitadamente.

E, assim como os freios, uma consciência mal aplicada pode nos atrasar quando precisamos nos mover rapidamente, imaginemos, para sair do caminho de um trem que se aproxima (no caso de freios), ou para intervir para impedir o rapto de uma criança (em caso de consciência).

Da mesma forma, assim como os freios podem impedir um carro de cair de um penhasco, a consciência pode nos impedir de cometer um mal grave.

Infelizmente, também como os freios, uma consciência mal aplicada pode nos impedir de chegar ao nosso destino moral, porque vemos que a jornada será difícil e simplesmente não temos vontade de fazer o que precisa ser feito para chegar lá.

Consciência duvidosa

A consciência funciona como um poder de comando: “Faça isso! Não faça isso!” Mas e se a consciência não for suficientemente segura?

Como respondemos se nossa consciência tem dúvidas significativas sobre uma questão moral, mas ainda precisamos agir?

Talvez esta ilustração ajude. Imagine caçar na floresta. Você ouve um barulho, e então prepara seu rifle. Pode ser um cervo por perto! Ou pode ser outro caçador. Você ficaria desapontado ao perder um cervo. Mas você ficaria horrorizado ao atirar em um companheiro caçador. Você atira? Claro que não. Nenhuma pessoa moralmente sã faria isso.

Se você de fato ignora absolutamente que sua consciência está errada, você não é culpado por seu julgamento equivocado e não tem razão para acreditar que seu julgamento esteja errado. Mas o mesmo não pode ser dito se você for o caçador descrito acima e puxar o gatilho. Você agiu com a consciência duvidosa.

Ou seja, você sabe que não sabe se seu alvo é um cervo ou um homem. Assim, você viola a lei moral se puxar o gatilho, mesmo se acabar atirando em um cervo em vez de em seu vizinho. Você não fez nenhum esforço para evitar uma aparente violação da lei moral e estava preparado para agir, quer o ato violasse a lei moral ou não. Essa frouxidão moral é censurável.

Atitude perante a consciência duvidosa

Qual é a sua obrigação quando sua consciência está em dúvidas?

Você deve se esforçar para ter certeza moral. Pode-se fazer isso pelo método direto por raciocínio, investigação e consulta. Você pode aplicar o raciocínio às evidências. Pode investigar mais evidências. Você pode consultar especialistas e pedir conselhos. Você deve, como diz o jesuíta Austin Fagothey, “usar todos os meios que as pessoas normalmente prudentes estão acostumadas a usar, em proporção à importância do problema”.

Em outras palavras, você pode se dar ao luxo de estar errado sobre adicionar um ingrediente a uma receita de bolo. Mas você não pode se dar ao luxo de estar errado sobre quando puxar o gatilho de seu rifle de caça quando não tiver certeza de seu alvo. Dado o assunto grave (vida ou morte para um ser humano inocente), a coisa moralmente correta a fazer é não puxar o gatilho.

Quando ainda restam dúvidas na consciência

O que fazer se o método direto não produzir os resultados desejados?

Você pode recorrer ao método indireto.

Lembre-se de que a dúvida moralmente significativa tem dois lados. Você pode estar em dúvida sobre os fatos. E você pode estar em dúvida sobre sua obrigação em resposta aos fatos.

A primeira dúvida, em relação aos fatos, é dita teórica ou especulativa – dúvida que não pode ser resolvida, porque o método direto se mostrou infrutífero.

No entanto, a segunda dúvida, referente à obrigação, é chamada de dúvida prática ou operativa.

Novamente, o padre Fagothey resume sucintamente: “embora muitas dúvidas sejam invencíveis teoricamente, toda dúvida é vencível na prática. Uma pessoa pode ter certeza do que é obrigada a fazer, de como se espera que ela aja, que conduta é exigida dela, enquanto permanece em um estado de dúvida teórica não resolvida. Em outras palavras, ela descobre o tipo de conduta que é certamente legal para a pessoa que duvida. Este processo de resolver uma dúvida prática sem tocar na dúvida teórica é chamado de formação da própria consciência”.


Conscience

Leia também:
A consciência não é uma emoção – nem perto disso


CONTEMPLATE

Leia também:
Formação da consciência: é hora de ler o manual


in thought

Leia também:
Consciência: aprenda a pensar antes de agir


REFLECTION

Leia também:
Que tipo de consciência você tem?

Tags:
moralPecadoVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia