Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

O “óleo” que nos leva à vida eterna

Parábola das 10 Virgens

Hieronimus Franck, o Jovem (1616) - Domínio Público

Mário Scandiuzzi - publicado em 11/11/20

Uma reflexão sobre a parábola das dez virgens e a nossa vida espiritual

Na parábola das dez virgens (Mateus 25, 1-13) Jesus nos alerta sobre a necessidade de ficarmos vigilantes, de não deixarmos de lado o cuidado com a nossa vida espiritual e a espera da vida eterna

A parábola fala sobre as cinco jovens que eram prudentes, levaram consigo a lâmpada para esperar o noivo e óleo sobressalente para garantir o abastecimento das lâmpadas. As outras cinco, que eram imprudentes, levaram apenas as lâmpadas.

Isso é uma reflexão para cada um de nós: somos prudentes ou imprudentes quando o assunto é alcançar o Reino de Deus, ou seja, a vida eterna?

Todos somos chamados à salvação. E para alcançá-la precisamos praticar o que Jesus nos ensinou. Ele tem sido a lâmpada que ilumina nossa caminhada por este mundo?

E qual é o combustível que estamos usando para manter essa lâmpada acesa?

Só o amor pode fazer com que a nossa lâmpada brilhe por mais tempo e nos mostre o caminho certo a seguir.

Quando questionado por um doutor da Lei sobre qual seria o maior mandamento, Jesus respondeu: “‘Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu espírito’. Este é o maior e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é : ‘Amarás teu próximo como a ti mesmo’. Nesses dois mandamentos se resumem toda a Lei e os Profetas” (Mateus 22, 37-40).

Portanto, quanto mais amarmos, mais combustível teremos para vigiar enquanto aguardamos a vida eterna.

Sejamos prudentes, estejamos preparados, cheios de amor para sermos dignos do Reino de Deus.


Parábola das 10 Virgens

Leia também:
Parábola das 10 virgens: uma lição sobre a previdência

Tags:
vida eterna
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia