Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 25 Novembro |
São Pedro Yi Ho-Yong
home iconEstilo de vida
line break icon

Por que sentimos que o tempo passa mais rápido durante a quarentena?

PRAYING

fizkes | Shutterstock

Octavio Messias - publicado em 11/11/20

Horários fixos, pausas regulares e atividades variadas ajudam a sentir que o tempo rende mais 

Desde que começou a quarentena, há quase oito meses, para aqueles que tiveram o privilégio de conseguir trabalhar em home-office a sensação é de que fomos engolidos pelo tempo. Sem outras atividades que pontuavam a passagem do dia, como o tempo de deslocamento até o trabalho, horário do almoço, cafezinho no final da tarde e até o happy-hour. Atividades como essas ajudavam a quebrar o nosso dia em períodos, o que nos forçava a cumprir nossas atividades profissionais dentro de intervalos de tempo regulares. 

E agora, em home-office, os dias parecem sequências intermináveis da mesma coisa, horas a fio sentados diante do computador. Confinados em casa, sem intervalos fixos atividades que quebrem a rotina, passamos a viver em função do trabalho, que, sem um relógio de ponto que controle a nossa produtividade, acaba se estendendo além de horários pré-determinados. Já acordamos, tomamos café e muitas vezes vamos dormir no escritório, sempre conectados, sempre disponíveis para e-mails e mensagens de trabalho fora de hora. E quando não estamos trabalhando, tendemos a continuar em frente ao computador, seja acompanhando as notícias mais recentes com relação à pandemia, seja passando pelas linhas do tempo das redes sociais. 

Disciplina

O primeiro passo para superar esse impasse é criar uma agenda como se ainda tivéssemos de ir para o escritório. Se o seu expediente era, por exemplo, das 9h às 18h, procure manter esse horário, crie essa disciplina de ter um horário para começar e para terminar, assim como para os outros afazeres, como cozinhar, lavar a louça, limpar a casa, cuidar dos filhos, fazer exercício etc., e horários fixos para o almoço e o jantar. Com isso você cria tempo livre ao longo do dia. 

Intervalos regulares

Além de um horário para começar e outro para terminar, imponha-se horários fixos de intervalo, intervalos fixos para arejar a cabeça em meio à rotina de trabalho. Como horário para o almoço, para o cafezinho, para esticar as pernas, levar o cachorro para passear… Só não vale usar esse tempo livre para ver notícias ou ficar nas redes sociais, a ideia é se distanciar de coisas que remetam a trabalho.

Diversifique

Como as atividades “extra-curriculares” de antes da pandemia davam a sensação de que o dia rendia mais, procure quebrar a rotina, fazer coisas diferentes que te tirem da prostração. Andar de bicicleta antes de pegar no batente, praticar yoga, tirar 15 minutos ao longo da tarde para cuidar do jardim. Aproveite esse momento para fazer coisas que normalmente gostaria e não tinha tempo. Trocar de cômodos da casa onde se trabalha, como um dia fazer um call da sala, outro do quarto, outro do quintal. Vale até mesmo diversificar o ambiente ao longo do expediente. Segundo especialistas, mudanças visuais assim ajudam a estimular sensações de novidade e passagem do tempo. 

Seja rígido com a sua rotina para, assim, não se sobrecarregar. 


WORKING WOMEN

Leia também:
Como a humildade nos motiva a fazer melhor o nosso trabalho


POWRÓT DO PRACY

Leia também:
Burnout: como prevenir e evitar o excesso de trabalho

Tags:
Coronavíruscovid-19tempoTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
Medalha de São Bento
pildorasdefe.net
Oração a São Bento para afastar o mal e pedir...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Oração para afastar o mal de um recinto
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo c...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia