Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 27 Novembro |
São Máximo de Lérins
home iconEm foco
line break icon

Os clérigos e a política

Antoine Mekary | Aleteia | i.Media

Vanderlei de Lima - publicado em 15/11/20

A hierarquia deve se pronunciar sempre que estiverem em jogo a fé e a moral

Alguns perguntam como a hierarquia da Igreja – em especial, Bispos e Sacerdotes – deve se portar em relação à vida política de uma nação. Eis a resposta.

A hierarquia da Igreja não deve se envolver em política, no que diz respeito a emitir juízos sobre qual seria a melhor forma de governo (monarquia, presidencialismo, parlamentarismo) ou preferir determinados partidos políticos (de direita, de centro ou de esquerda). Aos clérigos cabe, pois, a missão de rezar com o povo e pelo povo de Deus, administrar os sacramentos, ouvir, conversar, orientar, sempre visando à salvação eterna de todos os que são a eles confiados em suas paróquias ou dioceses.

Aos leigos, sim, compete fazer política no sentido profissional da palavra. Cabe-lhes o direito de, à luz do Evangelho, não de ideologias (cf. Papa Francisco. Audiência de 04/03/19. L’Osservatore Romano, 12/03/19, p. 8/9), transformar a realidade sociocultural deste mundo visando o benefício de todos. Bem formados por seus pastores, esses leigos darão testemunho de Jesus Cristo, Nosso Senhor, ao mundo, por meio de suas ações políticas, com plena responsabilidade e liberdade, ou seja, atuando como adultos na fé, por sua conta e risco.

A hierarquia, contudo, deve se pronunciar sempre que estiverem em jogo a fé e a moral. Sim, pois, se é lícito (e é) ao fiel católico filiar-se, votar ou apoiar partidos políticos diversos, ou ainda defender diferentes sistemas de governo, nunca é lícito contrariar a fé e a moral da Igreja. Daí, escrever, de modo esclarecedor, o Pe. J. M. I. Langlois: “A Igreja afirmou sempre que a ordem social faz parte da ordem moral, em que se joga o destino último e sobrenatural do homem sobre a terra. Ela tem, pois, o direito e o dever de fazer ouvir a sua voz quando a sociedade se afasta da reta ordem natural. O Concílio Vaticano II declara que ‘é de justiça que a Igreja possa dar em qualquer momento e em toda parte o seu juízo moral, mesmo sobre matérias relativas à ordem política, quando assim o exijam os direitos fundamentais da pessoa ou a salvação das almas, utilizando todos e somente aqueles meios que sejam conformes ao Evangelho e ao bem de todos, segundo a diversidade de tempos e situações’ (Gaudium et Spes, n. 76).”

Verdade

“Os juízos do Magistério eclesiástico sobre matérias políticas e sociais devem basear-se em verdades reveladas, isto é, devem referir-se ao fim sobrenatural do homem. Partindo desta condição, a Igreja tem pleno direito de intervir, mesmo fazendo uso da sua autoridade – dando critérios de ação uniformes aos católicos –, sempre que estejam em jogo os direitos de Deus ou da Igreja, bem como a salvação das almas. Deve rejeitar-se, portanto, o critério laicista de uma pretensa abstenção da Hierarquia em tais matérias, o que reduziria o seu âmbito ao puro e especificamente religioso, como se a religião pudesse separar-se geometricamente das demais dimensões que constituem o homem integral” (Igreja e política. São Paulo: Quadrante, 1987, p. 31).

Um fato oportuno conclui este artigo: no século XII, o rei João Sem Terra (1199-1216), da Inglaterra, pediu ao Papa Inocêncio III (1198-1216) que fosse juiz de uma questão entre ele, João, vassalo, e o rei Filipe, da Espanha, senhor feudal, a propósito de algumas posses de terras da Inglaterra, portanto, de João, no continente. O Papa respondeu que não julgaria a questão, pois, de si mesma, era um assunto temporal; só faria o julgamento se no caso entrasse um fundo moral ou em razão de pecado (ratione peccati).

Aqui, sim, é o campo específico da Igreja (cf. Inocêncio III. Epistolae VII 42, Patrologia Latina 215,326; cf. também: Bonifácio VIII. Bula Unam Sanctam, de 1302, em Denzinger-Schönmetzer n. 875 [469]).

A Igreja, portanto, não diz em quem votar, mas pode (e até deve) dizer em quem não votar: nos partidos defensores do aborto, da ideologia de gênero, do laicismo etc. Afinal, o fiel católico que apoia (ou não denuncia), conscientemente, essas ideologias anticristãs está, de modo objetivo, em pecado grave. Em razão do pecado, Dom Thomas Paprocki, Bispo de Springfield (EUA), em conformidade com o cânon 915 do Código de Direito Canônico, proibiu políticos defensores do aborto de comungarem em sua Diocese (cf. Religión en libertad, 07/06/19).

Tags:
BisposIgrejaPadresPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
MARADONA
Pablo Cesio
Pelé sobre Maradona: "Espero que um dia jogue...
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
John Burger
A melhor maneira de contar a seus filhos a ve...
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
POINSETTIAS,CHRISTMAS,ALTAR
A. J. Clishem
O segredo do grau de inclinação da cabeça de ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia