Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconAtualidade
line break icon

Síria: famílias cristãs vivem em condições desumanas, diz religiosa

Aid to the Church in Need

Reportagem local - publicado em 19/11/20

“Não conheço nenhuma outra sociedade do Médio Oriente cujos membros vivam em condições tão terríveis atualmente”

Desespero, pobreza generalizada, falta de medicamentos, falhas constantes e prolongadas no fornecimento de electricidade e de água potável. O relato da Irmã Annie Demerjian da Congregação de Jesus e Maria à Fundação AIS é explícito. Ela própria diz que, “sem dúvida, vivemos o pior período da nossa história”.

Esta realidade brutal descrita por esta religiosa que já esteve em Portugal por diversas vezes a convite da Fundação AIS, é consequência “de 10 anos de guerras sangrentas” e pela imposição de diversas sanções económicas.

Como se não bastasse tudo isso, a Síria está a enfrentar também a pandemia do coronavírus. O resultado é de fato dramático. Desemprego enorme, aumento do custo de vida para valores insuportáveis – a Irmã Myri, a religiosa portuguesa que vive em Qara, no Mosteiro de São Tiago Mutilado, já denunciou também esta situação por diversas vezes –, estão a conduzir a comunidade cristã ao desespero.

“Não conheço nenhuma outra sociedade do Médio Oriente cujos membros vivam em condições tão terríveis atualmente”, diz a Irmã Annie, responsável há quase uma década pelas campanhas de ajuda da Fundação AIS nas cidades de Aleppo e Damasco

Na entrevista a Maria Lozano, responsável de comunicação internacional da AIS, a Irmã Annie Demerjian sublinha a importância do apoio que a comunidade cristã tem recebido da Fundação AIS. “Ao longo de todos estes anos, a ajuda da AIS tem sido um salva-vidas e uma fonte de esperança para as famílias cristãs que vivem em condições verdadeiramente desumanas. A pobreza é generalizada, há falta de remédios, às vezes não temos electricidade nem água por longos períodos. Aliás, para muitas pessoas, a vida é quase insuportável. A maioria das famílias sírias sente-se afectada pela pressão psicológica e material”, diz a religiosa

A ajuda da Fundação AIS abrange atualmente 273 famílias em Aleppo e cerca de mais uma centena em Damasco, a capital da Síria. “Graças ao apoio da Fundação AIS, podemos dar-lhes todos os meses ajuda de subsistência básica, incluindo vales para a compra de artigos essenciais como comida e gás para cozinhar. Agora com o Inverno, compramos esterilizadores e medicamentos. Também ajudamos em algumas cirurgias essenciais. Às vezes isso inclui itens básicos, mas indispensáveis, como fraldas para incontinência para pessoas doentes e idosas”, diz ainda a Irmã Annie

No meio do desespero, a certeza da ajuda de instituições solidárias como a Fundação AIS é extremamente confortante. A Irmã Annie reconhece e agradece todo o esforço de apoio que tem sido canalizado para as famílias cristãs na Síria. “Isso é muito necessário num país onde a desolação e o desânimo estão a crescer e a esperança deve ser semeada.”

A Irmã Annie, que coordena uma equipa de apenas cinco pessoas, explica ainda que de todas as vezes que visitam as famílias cristãs “elas dizem-nos com um sorriso caloroso que todos os dias rezam pela Fundação AIS e pelos seus benfeitores”. “Então, em nome das Irmãs de Jesus e Maria e de toda a equipa de apoio, gostaríamos de agradecer por todo o cuidado e apoio contínuo”, diz ainda esta irmã que também não perde uma ocasião para dizer que tem Portugal e os portugueses no seu coração.




Leia também:
Papa expressa “profunda preocupação” com situação humanitária na Síria


CHRISTIAN PERSECUTION,NEW YORK,TIMES SQUARE

Leia também:
1 em cada 9 cristãos é perseguido no mundo

(Fundação AIS)

Tags:
GuerraPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia