Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconReligião
line break icon

Como é difícil ser hoje uma pessoa de fé

Jeffrey Bruno

Juan Ávila Estrada - publicado em 24/11/20

Queremos um Deus que ajeite tudo, que nos dê tudo; mas que não peça nada, deixando-nos regular a nós mesmos

Não é fácil ser uma pessoa de fé. A própria experiência nos demonstra. O contato com os outros e ser protagonistas de um momento histórico como o que vivemos hoje torna isso visível. O secularismo e o relativismo, duas forças que movem o pensamento da humanidade, têm arrastado o mundo, de maneira sedutora, para o que chamamos de modernidade.

Não é que seja má a modernidade, é que simplesmente ainda não compreendemos que os povos que esquecem as suas raízes e história não são capazes de sobreviver quando o referente religioso, e no caso concreto nosso, de fé, cede lugar a uma interpretação do mundo e da ética isolada do sentido de transcendência e espiritual que cada ser humano leva em seu interior. É que não se pode ser moderno com sacrifício do fundamental, do estruturalmente inamovível e eterno.

Hoje é moderno contemporizar com o mundo, relativizar tudo, abandonar Deus para não ter que prestar contas a ninguém, nem sequer a nossa própria consciência, e deixar que a sociedade, por meio de consensos, determine quando uma conduta é apropriada ou não.

Deixar tudo à interpretação das culturas atuais é o que tem levado à queda grandes sociedades que em outros tempos foram baluartes intelectuais e morais. É mais fácil a hipocrisia religiosa: rezar por obrigação, invocar um Deus em quem supostamente cremos para que venha apagar os incêndios que provocamos, pedir-lhe que conserte o que destruímos. Queremos um Deus que ajeite tudo, que nos dê tudo mas que não peça nada, deixando-nos regular a nós mesmos, que não questione ou pergunte nada. Temos forjado uma ideia de Deus diferente da apresentada por Jesus: um Deus que deixe o mundo ser mundo, que seja alheio a nossas condutas, que não dê uma interpretação moral a nossas ações, e que, caso intervenha, que seja para limpar as nossas sujeiras.

Coragem

Por isso não é moderno, mas obscurantista e medieval, defender a vida em todas as suas manifestações: a embrionária, a anciã e todas as que o mundo considera inúteis. Ninguém quer parecer extraterrestre, antiquado, moralista, obcecado, em um mundo que nos arrasta, onde o bem e o mal dependem da cultura, onde cada um constrói a sua própria moral dependendo dos seus interesses.

Não é fácil ser um homem de fé. Para sê-lo, é preciso correr o risco de se chocar contra tudo que nos cerca, começar a ser coerentes com o que professamos e viver segundo o estilo ensinado por Jesus. Para ser de fé é necessário não só crer em um Senhor, mas crer no Senhor, e isso em ocasiões em que nos perguntamos se os ensinamentos de Cristo não estão circunscritos em um marco histórico e cultural diferente do nosso.

Não é fácil ser uma pessoa de fé, mas é necessário. A fé foi feita para gente com coragem, que leva a vida a sério e não se contenta em nascer, crescer, reproduzir-se e morrer. Gente que sente que a sua vida está dada para algo maior e que portanto busca um novo estilo, uma nova maneira de interpretar a existência, levando em conta os ensinamentos do Evangelho. Onde muitos veem inutilidade, nós vemos oportunidade; onde vivem de costas para Deus, nós vivemos face a face. Nossas decisões estão ancoradas Nele. Ali onde se relativiza, nós decidimos por convicção. Um cristão é uma pessoa que tenta olhar as coisas do modo como Deus as vê. Hoje é até fácil ser uma pessoa com certa religiosidade, mas não muito fácil ser alguém de verdadeira fé.




Leia também:
Relativismo: “Deus conhece o meu coração, ninguém pode me julgar”




Leia também:
O relativismo moral acaba com o direito à liberdade de consciência

Tags:
Cristãosvida crista
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia