Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 25 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua celebrando a Missa diária

WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg

P Deliss / GODONG

Reportagem local - publicado em 24/11/20

Mesmo com dificuldades para respirar, o sacerdote pediu para não ser intubado. Ele queria continuar celebrando a Eucaristia como faz diariamente há 20 anos

O Pe. Márlon Múcio é muito conhecido dos brasileiros pelo seu carisma, pela sua obra evangelizadora, pela força de vontade e pelo seu amor ao sacerdócio e à Eucaristia.

Entretanto, o padre sofre de uma doença rara e neurodegenerativa chamada Deficiência do Transportador de Riboflavina (RTD). A doença causa, por exemplo, enorme cansaço físico, fraqueza nas pernas, apneia grave, intolerância aos mínimos exercícios físicos, fadiga aos esforços, crises de insuficiência respiratória e  grande dificuldade em realizar atividades cotidianas de cuidado pessoal. Além disso, o Pe. Márlon Múcio precisa de ajuda contínua da ventilação mecânica para respirar.

Recentemente, o sacerdote teve um agravamento da doença. Ele precisou, então, ser internado na UTI de um hospital em São José dos Campos, SP. E o que surpreendeu os amigos, parentes e funcionários do hospital foi que ele pediu para não ser intubado. O motivo? Simples: ele queria continuar celebrando a Missa todos os dias.

Em uma foto compartilhada no Instagram no dia 20 de novembro de 2020 pelo irmão do sacerdote, o Pe. Márlon aparece, de fato, celebrando a Missa em uma cama hospitalar e conectado a uma máscara de oxigênio.

“Meu irmão, Padre Márlon, fazendo o que ele mais ama nesta vida: celebrar a Missa”, postou Paulo Gustavo na publicação.

View this post on Instagram

A post shared by Padre Márlon Múcio, mss (@padremarlonmucio)

Pe. Márlon e seu amor pela Eucaristia

Além disso, a publicação assinada pelo irmão do sacerdote revela que o Pe. Márlon Múcio nunca ficou um dia sem celebrar a Missa nos últimos 20 anos. Ele também conta que, quando o irmão vai para o hospital por causa das complicações, sempre pede para não ser intubado, pois isso o impediria de realizar o santo ofício

Ainda de acordo com a publicação, mesmo em um leito de UTI, o padre continua rezando por todos e pede também as nossas orações.

Cura repentina

Em 2019, o Pe. Márlon Múcio surpreendeu a todos. Depois de passar por uma crise da doença e rezar muito pela cura, obteve a graça repentinamente. O sacerdote contou que, após uma oração noturna, ele amanheceu com extraordinária disposição. Foi, então, que ele percebeu que tinha recebido a bênção tão suplicada.

Depois disso, o padre apareceu na TV Canção Nova caminhando e momentaneamente sem os aparelhos de ajuda à respiração.




Leia também:
Padre celebra missa com ajuda de aparelhos médicos… por um motivo incrível


Pe. Márlon Múcio

Leia também:
Cura repentina de padre com grave doença chama atenção na TV e na internet

Tags:
DoençaEucaristiaMissa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia