Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 15 Janeiro |
Santo Arnoldo Janssen
home iconCultura e Viagem
line break icon

3 músicas que falam de Jerusalém, cidade-símbolo de algo maior que ela própria

Jerusalém

Anastazzo / Shutterstock

Reportagem local - publicado em 26/11/20

Jerusalém de Ouro (em hebraico), Jerusalema (em venda, língua da África do Sul) e Rorate Coeli (em latim): estilos diferentes, anseios em comum

3 músicas que falam de Jerusalém costumam destacar-se entre as centenas de canções que representam essa cidade única na história da humanidade, em termos de inigualável peso religioso e cultural para bilhões de pessoas das três grandes religiões monoteístas: o judaísmo, o cristianismo e o islã. De fato, as três religiões a consideram uma Cidade Santa.

A importância de Jerusalém é tamanha que a cidade é símbolo de algo muito maior do que ela própria: a promessa de Deus de reunir o Seu povo para a eternidade, vencendo todos os muitos e densos desafios e desolações que o povo eleito precisa enfrentar nesse trajeto.

Canções em homenagem a Jerusalém existem em culturas e línguas incontáveis e é difícil selecionar somente algumas poucas, mas aqui vão 3 delas que certamente tocaram milhões de corações:

3 músicas que falam de Jerusalém

1 | Jerusalém de Ouro

“Jerusalém de Ouro” é uma canção muito popular de Israel, composta por Naomi Shemer em 1967. A letra descreve o anseio do povo judeu de voltar para Jerusalém, reprimido durante 2 mil anos.

O título em hebraico é ירושלים של זהב‎ (Yerushalayim Shel Zahav).

Grande parte da letra evoca poesias e temas tradicionais de Israel. O próprio título, “Jerusalém de Ouro“, faz referência a uma joia mencionada numa lenda talmúdica sobre o rabino Aquiba. O refrão vem de um poema do Rabi Yehudah Halevi: “Eis que, para todas as tuas canções, eu sou um violino“. O verso “A cidade assenta-se solitária” vem do primeiro versículo do livro das Lamentações. Por fim, a frase “Se eu me esquecer de ti, Jerusalém” vem do Salmo 137, 5.

A Jerusalém cantada neste clássico não é a cidade física, mas tudo o que Jerusalém representa como promessa para todo um povo.

No vídeo acima, a canção é interpretada por Ofra Haza (1957-2000), cantora judia de família iemenita que alcançou grande popularidade no Oriente Médio.

2 | Jerusalema

O improvável “hit” que arrebatou multidões no verão europeu de 2020 é uma canção gospel, afro-house, composta pelo sul-africano Kgaogelo Moagi, de 24 anos. Ele se tornou famoso como Master KG em 2018 ao receber o prêmio AFRIMMA de melhor artista na categoria African Electro com o álbum “Skeleton Move”.

A letra de “Jerusalema” trouxe uma mensagem de esperança aos cinco continentes em plena pandemia do coronavírus. A música ficou entre as mais ouvidas no Spotify na primeira semana de agosto deste ano e acumula centenas de milhões de visualizações no YouTube, entre a versão oficial e inúmeros vídeos paralelos.

“Jerusalema” foi escrita na língua venda, um dos muitos idiomas da África do Sul. Homenageia a Nova Jerusalém, entendida no sentido bíblico de cidade celestial a ser alcançada em nossa busca comum e fraterna de comunhão com Deus.

A letra recorda:

Jerusalém é minha casa. Me salve. Caminhe comigo. Não me deixe aqui. Meu lugar não é aqui, meu reino não está aqui“.

3 | Rorate Caeli

Magistral canto gregoriano entoado no Advento, “Rorate Caeli” é um hino inspirado nos clamores do Antigo Testamento para que Deus nos resgatasse e nos mandasse o Messias. Representa o espírito de súplica e expectativa desse período litúrgico: a espera e a confiança na promessa de Deus, apesar das desolações.

O refrão se baseia no livro do profeta Isaías (45, 8) e suplica:

“Que os céus, das alturas, derramem o seu orvalho; que as nuvens façam chover a vitória; abra-se a terra e brote a felicidade e, ao mesmo tempo, ela faça germinar a justiça! Sou eu, o Senhor, a causa de tudo isso”.

As evocações a Jerusalém permeiam todo o hino desde o seu começo:

“Eis que a cidade do Santuário ficou deserta: Sião tornou-se deserta; Jerusalém está desolada. A casa da vossa santificação e da vossa glória, onde os nossos pais vos louvaram (…) Olhai, ó Senhor, para a aflição do vosso povo e enviai Aquele que estais para enviar! Enviai o Cordeiro dominador da terra, da pedra do deserto ao monte da filha de Sião, para que Ele retire o jugo do nosso cativeiro”.


tatuagem cristã

Leia também:
Por que há 700 anos existe a tradição de tatuar cristãos em Jerusalém?

Tags:
MúsicaReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia