Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

O dia em que Maradona teve ajuda da “mão de Deus”

Mão de Deus

Creative commons

CC

Beatriz Camargo - publicado em 26/11/20

Episódio foi relembrado pelos internautas que usaram as redes sociais para se despedir do craque argentino

Um dos mais memoráveis momentos da carreira de Diego Armando Maradona ocorreu em 1986, quando surgiu a expressão “mão de Deus”.

Eram as quartas de final da Copa do Mundo, em que Argentina enfrentava a Inglaterra. O jogo seguia empatado até que, no segundo tempo, o craque fez dois gols. Assim ele garantiu a liderança de seu time, que, aliás, foi o vencedor do torneio naquele ano.

E foi devido a uma certa reação instintiva de Maradona, no momento do primeiro gol, que o episódio ficou conhecido como o gol da “mão de Deus”.

O episódio da “mão de Deus”

Aos seis minutos do segundo tempo, Maradona avançou na área com a perna esquerda e passou a bola para o companheiro Jorge Valdano. Valdano, então, tentou enfrentar vários zagueiros ingleses. Mas os adversários interceptaram a bola e o meio campista inglês Steve Hodge a conduziu até perto da área.

A posição de Maradona não era boa. Mas a trajetória da bola depois de um passe errado do jogador rival o ajudou. Sozinho, dentro da grande área e com a bola em sua direção, Maradona a disputou o goleiro Peter Shilton, que era 20 centímetros mais alto que ele. Shilton saltou para a frente com a mão direita, enquanto Maradona estava com o braço esquerdo estendido.

Nesse momento, o punho de Maradona – posicionado perto de sua cabeça – tocou a bola primeiro e a impulsionou em direção ao gol da Inglaterra. De imediato, Maradona começou a comemorar, mesmo sem a confirmação do árbitro e do juiz de linha.

A confirmação do gol

O árbitro tunisino Ali Bennaceur confirmou o gol, mas após os protestos dos jogadores ingleses ele buscou a opinião do segundo juiz de linha, que confirmou.

Na época, os meios de comunicação nada tinham de digital. Os registros fotográficos dependiam de revelação, não havia internet e nem cobertura de notícias 24 horas por dia. Mas já existia o “replay” nos telejornais mostrando os melhores – ou mais polêmicos – momentos dos jogos de futebol.

Pra completar, ao ser entrevistado por um pequeno grupo de jornalistas logo após a partida, usou a seguinte frase para resumir o seu primeiro gol daquele dia:

“Um pouco com a cabeça de Maradona e um pouco com a mão de Deus”  
Creative Commons - Fotografia de Alejandro Ojeda Carbajal realizada em 22 de junho de 1986

E foi assim que nasceu a grande controvérsia que acompanhou a carreira de Maradona: de acordo com as regras do futebol foram criadas pela International Football Association Board (IFAB) em 1938 e publicadas pela FIFA, ao tocar a bola com a mão, o jogador deveria ter recebido um cartão amarelo e o gol, por sua vez, anulado.

Anos depois, em sua autobiografia (“Yo soy el Diego”, publicada em 2000), Maradona “tirou” de Deus o mérito do gol. Além disso, sem pudores, assumiu que havia infringido as regras:

“Agora posso dizer o que não pude naquele momento, o que defini naquele momento como ‘a mão de Deus’. Que ‘mão de Deus’, era a mão do Diego!

*Com informações da Reuters


MARADONA

Leia também:
Pelé sobre Maradona: “Espero que um dia joguemos juntos no céu”

Tags:
Esporte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia