Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Julho |
home iconEspiritualidade
line break icon

Como se preparar bem para o Natal em tempo de pandemia?

LIGHTS

Shutterstock | Ryzhkov Oleksandr

Canção Nova - publicado em 01/12/20

Precisamos sempre recordar que o festejado no Natal, o Menino Deus, é quem nos une no amor, e não apenas na proximidade física

O Advento tem seu próprio e rico conteúdo teológico; considera, de fato, todo o mistério da vinda do Senhor na história até sua conclusão. Os diferentes aspectos do mistério se lembram e se fundem em uma unidade admirável. O advento recorda, em primeiro lugar, a dimensão sacramental histórica da salvação. O Deus do Advento é o Deus da história, o Deus que veio plenamente para a salvação do homem em Jesus de Nazaré, em quem se revela o rosto do Pai (Jo 14,9).

A dimensão histórica da revelação recorda a concretude da salvação plena do homem, do homem todo, de todos os homens, portanto o vínculo intrínseco entre evangelização e promoção humana. O Advento é o tempo litúrgico em que a dimensão escatológica do mistério cristão é fortemente realçada. Deus nos reservou para a salvação (1Ts 5,9), mas é uma herança que só se revelará no fim dos tempos (1 Pd 1,5).

A história é o lugar do cumprimento das promessas de Deus e está orientada para o dia do Senhor (1 Cor 1,8; 5,5). Cristo veio em nossa carne e, após a morte, se manifestou e se revelou aos apóstolos e às testemunhas eleitas por Deus ressuscitadas (Atos 10,40 42), e aparecerá glorioso no fim dos tempos (Atos 1, 11). A igreja, em sua peregrinação terrena, vive continuamente a “tensão” da salvação já realizada em Cristo, de sua não realização ainda em nós e a sua plena manifestação no retorno glorioso do Senhor juiz e salvador.

Expectativa

Sobre a espiritualidade deste tempo litúrgico, podemos dizer: A comunidade cristã, com a liturgia do Advento, é chamada a viver algumas atitudes essenciais à expressão evangélica da vida: expectativa vigilante e alegre, esperança, conversão. A atitude de espera caracteriza a Igreja e o cristão, porque o Deus da revelação é o Deus da promessa que em Cristo manifestou ao homem toda a sua fidelidade (2 Cor 1, 20). Durante o Advento, a Igreja não faz o papel dos judeus que esperavam o Messias prometido, mas vive a expectativa de Israel em níveis de realidade, e de manifestação definitiva dessa realidade, que é Cristo. Agora vemos “como num espelho”, mas chegará o dia em que nos veremos face a face (1 Cor 13,12). A igreja vive essa expectativa com vigilância e alegria. Por isso reza: “Maranatha: Vem, Senhor Jesus” (Ap 22,17.20).

E como viver este mistério, que nos prepara para o Natal, em tempo de pandemia? Primeiramente, precisamos sempre recordar que o festejado no Natal, o Menino Deus, é quem nos une no amor, e não apenas na proximidade física, pois podemos estar próximos fisicamente, mas  longe no coração. E com isso, neste ano, temos a oportunidade de viver um Advento e um Natal diferentes de todos os outros que já passamos.

Perguntemos ao nosso coração, se ele foi um presépio para aqueles que sofreram suas perdas durante este ano; se ele foi um presépio para nossos familiares e amigos; se ele foi um presépio para aqueles que encontramos pelas ruas sem um teto para morar; se ele foi abrigo para quem precisou.

Se a resposta for “sim”, então podemos dizer que vivemos o Natal durante todo este ano. Se a resposta for não, ainda não sabemos o que é o Natal e, por isso, só estamos preocupados com a festa e a ceia natalina. Natal é hoje, pois quando permitimos que Jesus nasça em nosso coração, acontece o milagre do Natal!

Por Padre Anderson Marçal Moreira: membro da Comunidade Canção Nova, doutor em Teologia Pastoral Bíblica e Litúrgica. Atualmente está à frente da Paróquia Santa Cândida, em São Paulo (SP).




Leia também:
Advento: Jesus quer que nosso coração seja uma manjedoura


CHRISTMAS

Leia também:
O que significa a Coroa do Advento?

Tags:
AdventoNatal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia