Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Janeiro |
Santa Angela de Mérici
home iconEspiritualidade
line break icon

Uma das grandes mensagens do Natal é revelar que somos seres únicos

CHRISTMAS FAITH

Shutterstock

Philip Kosloski - publicado em 15/12/20

O mistério do Natal mostra-nos que não somos inúteis, mas únicos merecedores de grande dignidade

Você sabia somos seres únicos(as) e irrepetíveis? Esse é um fato que podemos conhecer de intelectualmente. Mas, frequentemente, nos esquecemos disso, sobretudo quando tudo parece dar errado em nossas vidas.

Nessas situações, parece que ninguém se preocupa conosco e que nossas vidas são inúteis, apenas mais um “número”

No entanto, o mistério do Natal mostra-nos claramente que não somos inúteis, mas únicos e possuímos grande dignidade.

O Papa Bento XVI refletiu sobre essa realidade durante uma homilia, no Advento de 2010. Disse ele:

“A Encarnação nos revela, com intensa luz e de forma surpreendente, que toda vida humana tem uma dignidade muito elevada e incomparável.”

Seres únicos

Deus não se uniu a nenhum outro animal da terra, mas ao homem, reforçando o fato de que somos únicos entre todos os seres vivos. É o que diz um trecho da Constituição Pastoral Gaudium et Spes: 

Na realidade, o mistério do homem só no mistério do Verbo encarnado se esclarece verdadeiramente…Cristo, novo Adão, na própria revelação do mistério do Pai e do seu amor, revela o homem a si mesmo e descobre-lhe a sua vocação sublime. Não é por isso de admirar que as verdades acima ditas tenham n’Ele a sua fonte e n’Ele atinjam a plenitude.

«Imagem de Deus invisível» (Col. 1,15) , Ele é o homem perfeito, que restitui aos filhos de Adão semelhança divina, deformada desde o primeiro pecado. Já que, n’Ele, a natureza humana foi assumida, e não destruída, por isso mesmo também em nós foi ela elevada a sublime dignidade. Porque, pela sua encarnação, Ele, o Filho de Deus, uniu-se de certo modo a cada homem. Trabalhou com mãos humanas, pensou com uma inteligência humana, agiu com uma vontade humana, amou com um coração humano. Nascido da Virgem Maria, tornou-se verdadeiramente um de nós, semelhante a nós em tudo, exceto no pecado .

Cordeiro inocente, mereceu-nos a vida com a livre efusão do seu sangue; n ‘Ele nos reconciliou Deus consigo e uns com os outros e nos arrancou da escravidão do demónio e do pecado. De maneira que cada um de nós pode dizer com o Apóstolo: o Filho de Deus «amou-me e entregou-se por mim» (Gál. 2,20). 

Únicos e irrepetíveis

Além disso, a encarnação de Jesus nos revela que somos irrepetíveis, nunca devemos ser apenas um “número” ou “objeto” mas como uma pessoa humana”

“Acreditar em Jesus Cristo também significa ver o homem de uma nova maneira, com confiança e esperança. Além disso, a própria experiência e a razão justa atestam que o ser humano é capaz de compreender e querer, consciente de si mesmo e livre, irrepetível e insubstituível, ápice de todas as realidades terrenas, e que exige ser reconhecido como valor em si mesmo e merece sempre para ser aceito com respeito e amor. Ele tem o direito de não ser tratado como um objeto a ser possuído ou algo a ser manipulado à vontade, e a não ser explorado como meio em benefício de outrem e de seus interesses.”

Dignidade

Portanto, enquanto contemplamos os múltiplos mistérios do Natal, não esqueçamos da grande dignidade que recebemos e como temos uma ligação íntima com Jesus, que compartilhou nossa humanidade. Isso nos eleva acima de todas as coisas vivas e deve nos impulsionar a viver mais virtuosamente, não apenas nos tratando com respeito, mas vendo todos os outros seres humanos únicos sob uma luz semelhante.


BABY JESUS

Leia também:
O céu já nos deu o maior presente de Natal que poderíamos ganhar

Tags:
AdventoNatal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Robson de Oliveira
Reportagem local
Processo contra pe. Robson está arquivado definitivamente, notici...
2
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
3
ROSARY
Reportagem local
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" com os mortos
4
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
5
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
6
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
7
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia