Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 24 Julho |
home iconEspiritualidade
line break icon

O polêmico dom de línguas: é verdade ou não?

M.MIGLIORATO/CPP/CIRIC

2 juin 2017 : Jubilé d'Or du Renouveau charismatique. Foule de fidèles lors de la rencontre mondiale jubilaire au Cirque Maxime à Rome, Italie. June 2, 2017: Charismatic Prayer during the Vigil of the Catholic Charismatic Renewal on the occasion of the Golden Jubilee to the Circus Maximus in Rome, Italy.

Pe. Henry Vargas Holguín - publicado em 18/12/20

Ele existe, mas é preciso saber compreendê-lo bem

Jesus disse: “Estes são os sinais que acompanharão os que creem: em meu nome expulsarão demônios, falarão línguas novas…” (Mc 16, 17).

Com relação ao dom de línguas, é preciso recordar que ele é real, mas é preciso saber entender bem esta questão. A Igreja aceita que existem dons ou carismas extraordinários, como o dom de fazer milagres ou falar em línguas (Catecismo 2003). Mas o dom de línguas, por razões óbvias, é o mais polêmico.

Os casos de pessoas com dom de línguas não são frequentes; por isso, é preciso discernir cada caso.

Santos

Muitos santos receberam este dom, a Igreja o reconhece, mas é preciso ter cautela. São Paulo falava em línguas (cf. 1 Cor 14, 18. 39), bem como Santo Antônio de Pádua, Vicente Ferrer e Francisco Xavier, entre outros.

Falar em línguas é um dom do Espírito Santo. Não deve ser confundido com um ministério. Quando o Espírito Santo concede este dom, há diferentes possibilidades de que seja aplicado. Uma delas é orar em línguas – dom que parece ser atualmente o mais “comum”.

5 tipos

São Paulo fala de 5 tipos de oração quando os fiéis oram em línguas:

1. Estar orando sob a influência do Espírito Santo para orar segundo a vontade de Deus (Rm 8, 26-27).

2. Edificar a si mesmos (1 Cor 14).

3. Proclamar as maravilhas de Deus (Atos 2, 11).

4. Falar diretamente com Deus (1Cor 14, 2).

5. Louvar Deus (Atos 10, 46).

Dom

O dom de línguas fora da oração não consiste em falar os idiomas que conhecemos, mas em línguas desconhecidas por quem tem o dom; porém, a pessoa é entendida por aqueles que falam tal idioma, como se estivesse falando em sua própria língua. Isso foi o que aconteceu em Pentecostes.

Quem fala em línguas não entende o que diz nem percebe que está falando em outro idioma; e quem o ouve tampouco sabe que ele não fala aquele idioma.

Este fenômeno supõe que a “tradução” aos diferentes idiomas é obra do próprio Espírito Santo, sem intervenção humana alguma.

Êxtase

Quando São Paulo fala, por exemplo, dos “gemidos inefáveis”, refere-se a expressões em pleno êxtase quando a pessoa, com grande amor a Deus, ora intensamente. É algo parecido às palavras carinhosas, sem sentido algum, pronunciadas entre pessoas que se amam.

Mas atenção: o dom de línguas não pode ser confundido com a possibilidade de falar, no pleno sentido da palavra, outras línguas – inclusive línguas inexistentes ou mortas – sem tê-las aprendido. Isso é considerado até demoníaco e costuma acontecer com pessoas possuídas, ainda que tal possessão não pareça ser tão ostentosa.

Quando se trata de possessão demoníaca, há outros comportamentos presentes, como atividades sacrílegas e paranormais, espiritismo, satanismo, esoterismo.


Papa Francisco faz o Sinal da Cruz

Leia também:
Papa: temos que retomar o sentido da adoração e adorar Jesus


Papa Francisco

Leia também:
Papa Francisco: a grande bênção de Deus é Jesus Cristo

Tags:
Igreja CatólicaOração
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
Atriz Claudia Rodrigues
Reportagem local
Assessora pede orações por atriz Claudia Rodrigues: “está m...
6
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
7
Orfa Astorga
Até que idade é saudável morar na casa dos pais?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia