Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 28 Setembro |
Santos Alfeu, Alexandre e Zósimo
home iconEstilo de vida
line break icon

Ascenção financeira: uma dica para você

woman, success

© Syda Productions

Emílio Guedes - publicado em 20/12/20

O novo patamar de ganhos deve ser a chance de uma vida ainda mais abundante, com gastos eficientes e controlados

A ascensão financeira, momento muito feliz na vida de qualquer ser humano na sociedade atual, é também um tempo crucial para definir atitudes que refletirão a longo prazo, levando a resultados muito diferentes conforme suas escolhas. 

Acredito que qualquer pessoa prefira ter uma vida com calma e tranquilidade, possuindo uma reserva financeira e certa segurança na gestão de seus bens do que vivendo com a ansiedade de, talvez, renegociar um novo empréstimo ou contrair uma nova dívida, apenas para realizar coisas mais comuns do dia a dia e não grandes sonhos. Aliás, estes eu defendo que devem ser sempre realizados com muita sabedoria e eficiência. 

No entanto, um dos momentos de escolha desses dois tipos de cenários é justamente na ascensão financeira – que pode vir com a conquista de um novo emprego ou cargo que irá remunerá-lo melhor – quando a atitude frente aos novos ganhos, assim como às novas ofertas de crédito vai gerar resultados muito distintos. 

Nesse contexto, o indivíduo tende a ficar deslumbrado com os novos valores; além disso, estará próximo de pessoas com uma realidade financeira melhor, ou seja, que, geralmente já estão ganhando valores maiores há mais tempo; consequentemente, levando uma vida com mais conforto.Realidade que, com o tempo, será a dessa pessoa também. Entretanto, numa tendência cruel, ela se vê como que obrigada a elevar o seu patamar de gastos para adaptar-se às novas pessoas com as quais convive e ao padrão imposto pela sociedade para seu novo nível salarial. 

Nesta fase, o indivíduo – ainda em processo de estabilização – se vê cercado de ofertas do mundo financeiro para que, de maneira um tanto artificial, eleve rapidamente o seu padrão de gastos. Ofertas muitas vezes fomentadas pelas atualizações cadastrais do novo emprego ou salário. Os bancos, percebendo esse novo patamar, oferecem todo tipo de serviços tais como empréstimos, cheque especial, limites extra, cartão de crédito etc. Estes devem ser usados como ferramentas para ajudar a atingir os objetivos, mas se forem utilizados de maneira impensada, tornam-se verdadeiras armadilhas. 

Eis o problema – como percebi nos anos em que trabalhei em um dos grandes bancos brasileiros – o endividamento desse grupo de pessoas é muito alto e o novo padrão de vida, que era para oferecer mais conforto e bem-estar, acaba trazendo um fardo de novas dívidas que diminuem o poder aquisitivo, dado que parte de seu ganho é transferido para o lucro dos bancos e para quitar parcelas a perder de vista.

O novo patamar de ganhos deve ser a chance de uma vida ainda mais abundante, com gastos eficientes e controlados. Mas qual é, então, a minha dica de ouro?  Só dê um passo extra em direção ao aumento do seu patamar de gastos, quando der dois passos em direção à ampliação do seu patamar de ganhos. Mantenha o mesmo padrão de vida que você já tinha antes, com um salário menor, guardando os novos recursos. 

Sim, isso lhe dá a chance de construir uma reserva financeira capaz de oferecer solidez aos alicerces dos seus mais diversos planos de vida. Mais: esta espécie de sacrifício inicial, tira o indivíduo de um caminho que, na grande maioria das vezes, resulta numa gestão desesperadora de pagamento de juros e leva-o para uma via mais controlada com uma administração mais saudável de ativos e investimentos.

Amigo(a) leitor(a), este artigo lhe foi útil? Desejo, pois, continuar a tratar de temas semelhantes sempre que possível. No entanto, coloco-me, desde já, à disposição para ajudá-lo(la) em suas dúvidas nesta área tão complexa. Conte comigo!

Tags:
DinheiroTrabalhoVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Claudio de Castro
O Purgatório e o misterioso alarme das 3 da manhã
2
Broken Mary
Reportagem local
Nasce (e cresce) nos EUA a inspiradora devoção a “Nossa Senhora D...
3
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
4
Caio Batista, jovem ex-protestante que se tornou católico
Reportagem local
Carta de jovem ex-protestante repercute nas redes: “Sim, eu me to...
5
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
6
Santa Missa
Reportagem local
Quanto tempo devemos chegar antes da Missa?
7
Irmã Cecilia
Reportagem local
Quem sorri assim no momento da morte?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia