Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 20 Abril |
Santa Inês de Montepulciano
home iconAtualidade
line break icon

Cuidar um do outro é a maior prova de amor neste Natal

CHRISTMAS

DisobeyArt | Shutterstock

Octavio Messias - publicado em 22/12/20

Em período crítico de pandemia, protegermos uns aos outros é mais importante do que a ceia

“Ah, mas é só uma saidinha”, ou “vão ser só cinco pessoas”, são frases que muitos têm dito a si, desde a flexibilização do distanciamento social, para justificar furar a quarentena. Com isso, infelizmente, os números de casos e de mortes voltaram a saltar. No dia 17 de dezembro, foram registrados quase 70.000 novos casos, número equivalente a um dia de junho, quando vivíamos o pico da pandemia.

O Brasil volta a registrar mais de 800 mortes em um dia às vésperas dos feriados de fim de ano, quando as pessoas tendem a se aglomerar, o que faz especialistas alertarem quanto à iminência de uma segunda onda do vírus, como vimos acontecer na Europa. Segundo especialistas, esse quadro é previsto para janeiro no Brasil caso a população não respeite o distanciamento social durante as festividades.

Consciência

Esse foi o cenário discutido no debate “E agora, Brasil?”, realizado na semana passada, que contou com autoridades como o médico Drauzio Varella, a economista Monica de Bolle, e Margareth Dalcomo, pneumologista e pesquisadora da Fiocruz. 

“O que vai trazer a segunda onda para o Brasil são as festas de Natal e de fim de ano. Teremos o janeiro mais triste da nossa história porque nós falhamos em trazer uma consciência cívica da gravidade do que estamos vivendo”, disse Margareth. Drauzio Varella criticou o negacionismo da doença: “Eu acho que, infelizmente, muitas pessoas vão morrer por causa das festas de fim de ano, em meio a essa ilusão de que agora temos uma vacina e o problema ficou para trás”. Vale lembrar que ainda não há um plano de vacinação para toda a população do país. E, como diz Margareth, nossa dificuldade em combater o vírus é uma falha de consciência cívica, que reflete nossa fragilidade enquanto sociedade, uma vez que não conseguimos abrir mão de certos prazeres individuais de modo a preservar a vida de todos. 

Cuidado

Por isso, nas comemorações deste ano, é preciso deixar a razão e a consciência falarem mais alto. Simplesmente não vale expor as vidas daqueles que amamos por algumas horas fazendo de conta que o vírus não existe, enquanto ele segue à solta, implacável, podendo se disseminar entre os seus familiares. Não vale a pena correr um risco tão alto. Além do mais, hoje existem diversas plataformas que permitem conversar, interagir e ver o outro em tempo real. Está longe de ser o ideal, mas é a melhor atitude que se pode de modo a preservar a vida dos nossos familiares, especialmente os mais velhos. “Lamento, não dá para fazer a festa de Natal. Pode reunir no máximo seis ou sete pessoas, sob pena de expôr nossos entes queridos a um risco que eles não merecem. E não vai ter festa de réveillon, para que nós estejamos vivos para os próximos que virão”, defendeu Margareth Dalcomo.

Atualmente, o Brasil registra mais de 180.000 mortes em decorrência do novo coronavírus. Para as famílias dessas pessoas, o Natal está arruinado. Preserve seus familiares neste Natal, para garantir que estejam todos vivos e bem no próximo. 


Papa Francisco

Leia também:
Esta é a indulgência para os falecidos indicada pelo Papa na pandemia




Leia também:
Papa: para sair da pandemia, é preciso cuidar uns dos outros e da natureza

Tags:
Coronavíruscovid-19Pandemia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
BENEDICT XVI
Francisco Vêneto
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
6
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
7
Papa Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI faz 94 anos e é o primeiro Papa a atingir essa idade na...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia