Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 12 Abril |
São David Uribe Velasco
home iconCuriosidades
line break icon

As tradições natalinas que surgiram na Idade Média

MEDIEVAL NATIVITY

National Library of Wales | CC0

John Burger - publicado em 28/12/20

Decorar a casa, preparar uma refeição especial e buscar práticas litúrgicas para comemorar o nascimento de Jesus são tradições bem antigas

Que tradições natalinas sua família costuma seguir? Que tipo de comida, decoração e práticas religiosas você segue ?

Provavelmente, algumas dessas tradições natalinas derivam de práticas que nasceram na Idade Média.

Em um artigo no site da Ancient History Encyclopedia, Mark Cartwright detalha algumas tradições medievais do Natal na Europa.

Agora, “medieval” é uma palavra muito geral. De fato, se você realmente quiser ser preciso, terá que determinar exatamente de que período e local está falando. Perdemos de vista o fato de que antes dos meios de comunicação modernos, os costumes se desenvolveram de maneira muito diferente de um lugar para outro.

Mas parte do que Cartwright, que parece estar discutindo sobre a Inglaterra medieval, escreve é ​​esclarecedor.

“Os feriados medievais eram uma chance de ter um descanso muito necessário do trabalho diário habitual e de se socializar em refeições familiares, onde o menu sombrio típico dos pobres era substituído por raridades como carne e peixe, e a mesa dos ricos era adornada com o exótico, como pavão assado”, explica Cartwright.

Além disso, ele ressalta que o Natal não era apenas um dia. Ao contrário: a festa costumava durar desde a véspera de Natal até a Epifania.

Decoração de casa

Foi na Idade Média, de fato, que as pessoas deram início à tradição natalina de decorar as casas. Os elementos naturais mais prováveis para fins de decoração seriam sempre-vivas, como azevinho, hera e folhas de louro. Da mesma forma, as igrejas usavam decorações semelhantes.

A refeição

Depois da igreja, é claro, a festa começava. Se seus ancestrais estivessem na aristocracia latifundiária, eles poderiam começar as festividades com uma sopa, caldo ou ensopado de carne.

Os ricos tinham a sorte de ter carne como seu próximo prato nos dias normais, como coelho, lebre e frango, por exemplo. Mas no Natal havia iguarias de carne, peixes (por exemplo, salmão, arenque e truta) e frutos do mar (por exemplo, enguias, ostras e caranguejo) apresentados aos convidados.

As carnes eram assadas no espeto sobre uma fogueira. Além das peças de boi e carneiro, havia vitela, veado, ganso, capão, leitão, pato, tarambola, cotovia e garça, só para citar alguns.

Um prato especial de Natal que os cozinheiros preparavam para impressionar os convidados incluía uma cabeça de javali em uma bandeja ou um cisne ou pavão assado em suas penas. Os molhos acrescentavam mais sabor a muitos pratos e, engrossados ​​com pão ralado, continham vinho ou vinagre, ervas e especiarias.

Por outro lado, a sobremesa era feita de cremes de frutas. Além disso, havia bolos, nozes, queijo e frutas luxuosas,  como laranjas, figos e tâmaras por exemplo.

“Havia também entremets – vários petiscos decorados com açúcar e mel – que eram servidos antes da sobremesa no Natal e em outras festas”, observa Cartwright.

Entre os camponeses, entretanto, não havia tanta fartura. Na verdade, esperava-se que os servos dessem um presente ao seu senhor no Natal. Os presentes eram pão, ovos e talvez até mesmo um galo valioso ou algumas galinhas, ressalta o autor.

Entretenimento

Uma outra tradição natalina entre os monges medievais, por exemplo, era fazer uma turnê com peças bíblicas em residências particulares.

“Da mesma forma, nas cidades, as guildas medievais organizam concursos públicos onde carroças percorriam as ruas carregando pessoas vestidas como personalidades da história de Natal da Bíblia, diz Cartwright. Trupes de artistas de pantomima mascarados conhecidos como mummers também saíram às ruas, acompanhados por bandas de músicos. Às vezes, chegando a mais de 100 foliões, eles se vestiam com fantasias bizarras como senhores, cardeais e cavaleiros, e até se aventuravam nas casas das pessoas para dançar e jogar dados. Recebendo comida e bebida em troca de seu entretenimento, os criadores costumavam encenar peças curtas com cenas de lendas conhecidas, como ‘São Jorge e o Dragão'”, explica Cartwright.

Ano-Novo

Toda a diversão e os jogos tinham que ficar de lado na hora de voltar ao trabalho. Mas as pessoas encontraram maneiras diferentes de voltar à velha rotina no ano-novo. Um truque bacana, por exemplo, era fazer uma corrida de arado ao nascer do sol na primeira segunda-feira após a Epifania. Assim, esse dia passou a ser conhecido como Segunda-feira do Arado.

“Havia outra tradição, talvez novamente para aliviar o fardo de retornar à labuta diária, em 7 de janeiro, também conhecido como Dia da Santa Ruta. Este dia era uma ocasião para ‘desgoverno’,  para ‘batalhas cômicas entre os sexos’, em que os homens ateavam fogo ao linho das mulheres e as mulheres garantiram que os homens ficassem encharcados”, explica o autor.

E, assim,  a vida voltava à rotina, pelo menos por mais algumas semanas, quando a terça-feira gorda seria o prenúncio do início da Quaresma.


FAMILY,CHRISTMAS

Leia também:
As 3 mais belas tradições de Natal e suas origens 

Tags:
Natal
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
3
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
4
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
7
CARDEAL RANIERO CANTALAMESSA
Francisco Vêneto
Desobediência à Igreja dilacera a fraternidade católica, diz preg...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia