Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconReligião
line break icon

O Papa citou 24 países e povos de modo especial na Mensagem de Natal 2020

Natal do Papa Francisco

AP/East News

Francisco Vêneto - publicado em 28/12/20

Francisco fez votos especiais a países e regiões que enfrentam períodos conturbados

O Papa citou 24 países e povos de modo especial na Mensagem de Natal 2020. Em sua tradicional mensagem de Natal, antes da bênção Urbi et Orbi, Francisco fez votos especiais a países e regiões que enfrentam períodos conturbados.

A mensagem se baseou na mais recente encíclica do Papa, a “Fratelli tutti“, sobre a fraternidade e amizade social. Francisco destacou:

“O nascimento é sempre fonte de esperança, é vida que desabrocha, é promessa de futuro. E este Menino, Jesus, ‘nasceu para nós’: um ‘nós’ sem fronteiras, sem privilégios nem exclusões”.

Graças Jesus, disse o Papa, todos os cristãos podem se dirigir a Deus e chamá-lo de Pai. É por isso que todos podem ser considerados irmãos “de continentes diversos, de qualquer língua e cultura, com as nossas identidades e diferenças, mas todos os irmãos e irmãs”. Neste momento histórico, a fraternidade é um valor mais necessário do que nunca: não uma fraternidade abstrata, mas baseada no amor real, que se compadece dos sofrimentos alheios.

No tocante à pandemia, Francisco lançou um apelo aos governos para que todos os cidadãos tenham acesso garantido às vacinas e tratamentos:

“No Natal, celebramos a luz de Cristo que vem hoje ao mundo e Ele vem para todos: não só para alguns. Hoje, neste tempo de escuridão e incertezas pela pandemia, aparecem várias luzes de esperança, como a descoberta das vacinas”.

O Papa citou 24 países e povos de modo especial

A mensagem de Francisco se dirige a todas as nações, é claro, mas, por conta de particulares contextos desafiadores, como conflitos, guerras e a pandemia de covid-19, ele citou explicitamente vários países, povos e regiões:

  • O Papa recordou especialmente as crianças que sofrem com as guerras, em particular na Síria, no Iraque e no Iêmen.
  • Ele também mencionou o drama dos yazidis, da Líbia e do Líbano e as longas tensões entre Israel e a Palestina.
  • Francisco falou ainda de Nagorno-Karabakh, da Ucrânia, de Burkina Faso, do Mali, do Níger e da Etiópia.
  • Um pensamento especial do Papa se voltou à região de Cabo Delgado, norte de Moçambique, alvo de sangrenta violência terrorista.
  • Francisco exortou também o Sudão do Sul, a Nigéria e Camarões a fortalecerem a fraternidade e o diálogo.
  • No caso das Américas como um todo, Francisco fez votos de esperança na superação do coronavírus, porque a pandemia “exacerbou os inúmeros sofrimentos que o oprimem, muitas vezes agravados pelas consequências da corrupção e do narcotráfico”.
  • Francisco citou o Chile, pedindo a superação das recentes tensões sociais, e a Venezuela, pelo fim do sofrimento do povo desse país.
  • O Papa pediu especial proteção de Deus para os povos flagelados por calamidades naturais, em particular nas Filipinas e no Vietnã.
  • Francisco citou ainda o povo Rohingya, de Mianmar: “Que Jesus, nascido pobre entre os pobres, leve esperança às suas tribulações”.

Uma lembrança às famílias e às pessoas que ajudam os outros

O Papa recordou também aqueles que procuram ajudar a tanta gente que sofre:

“Dirijo uma saudação particular a todas as pessoas que não se deixam subjugar pelas circunstâncias adversas, mas esforçam-se por levar esperança, consolação e ajuda, socorrendo quem sofre e acompanhando quem está sozinho”.

Ao finalizar, Francisco mencionou as famílias que não puderam se reunir neste Natal.

“Para todos, que o Natal seja a ocasião propícia para redescobrirem a família como berço de vida e de fé. Feliz Natal a todos!”




Leia também:
Mensagem de Natal do Papa Francisco

Tags:
NatalPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia