Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Janeiro |
São Sebastião
home iconEstilo de vida
line break icon

As respostas que Deus nos enviou em 2020 (e o que esperar de 2021)

2020

Shutterstock | JomNicha

Pe. Patrick Briscoe - publicado em 04/01/21

Apesar de tudo, 2020 foi um ano de graças em abundância. Você consegue enxergá-las?

Como muitas outras pessoas, estou feliz por ter encerrado 2020 e começado 2021. Também estou ansioso pelo fim da pandemia do coronavirus. Tenho também muitas outras esperanças, que nem me atrevo a confessar aqui, sentindo que fazê-lo pode “dar azar”.

Mas em 2020 nem tudo foi perda. Olho para minha vida no ano passado e vejo muitos lugares onde enxerguei Deus e seu amor salvador em ação.

Quer alguns exemplos? Pois lá vão eles.

Queridos amigos deram à luz e eu me juntei a eles para o batismo de seus filhos. Testemunhei vários casamentos pandêmicos. O dia a dia do meu ministério sacerdotal continuou. Além disso, mesmo durante o o lockdown, a paróquia onde servi continuou seus ministérios confessionais e educacionais de forma alternativa.

2020 e a generosidade de Deus

De fato, quando realmente começo a pensar sobre o que foi o ano de 2020, posso ver uma abundância extraordinária de generosidades do Senhor.

Mas o que impede muita gente de ver essas graças, esses dons de Deus? Acho que as tentações mais tenebrosas vêm quando tentamos encontrar outras coisas além de Deus para nos salvar. Os triunfos da ciência, as possibilidades de uma política pacífica e humana. Isso tudo agradará a Deus e aliviará nosso sofrimento presente. Entretanto, essas coisas não vão satisfazer os anseios mais profundos de nossos corações.

Aliás, alguns anos atrás, o Papa João Paulo II escreveu: “Ninguém pode escapar das questões fundamentais: O que devo fazer? Como faço para distinguir o bem do mal?”

O objetivo dessa catequese do Papa foi nos mostrar que não há como parar de enfrentar essas questões mais profundas. Parte da razão pela qual a pandemia tem sido tão difícil para tantos é que as distrações que usamos para aliviar e suportar os sofrimentos da vida nos foram retiradas. Trancafiados em casa e confiados à nossa própria sorte, tivemos que enfrentar as questões mais difíceis e urgentes.

Um ano de perguntas

De uma forma ou de outra, em 2020 tivemos que nos redefinir. E continuaremos em 2021.

Perguntamos: Serei uma pessoa de caridade? Quanto eu acho que posso dar de mim? Quem precisa? Quais são meus objetivos no trabalho? Como posso realizar e avançar na minha carreira? Posso descobrir como fazer meu trabalho com todas essas restrições e preocupações com a saúde?

Também nos questionamos: Como posso orar? Se não posso ir à missa, onde procuro ao Senhor? Onde está Deus em tudo isso? Eu posso tolerar se alguém tomar uma decisão diferente para sua saúde e bem-estar da que eu tomo? Como suporto a dor? Como posso chorar?

Um ano de respostas

E o tempo todo, o Senhor nos enviou muitas respostas!

Ele nos enviou sacerdotes que, corajosamente, descobriram maneiras de nutrir a fé de seu povo. Deus nos enviou médicos, enfermeiras e incontáveis ​​outros profissionais que trabalharam para servir suas comunidades. Nosso Salvador também enviou o Santo Padre, que ficou sozinho na Praça de São Pedro, estendendo ao mundo sua bênção apostólica, dizendo-nos para procurar Cristo na tempestade.

Ele nos enviou o reconhecimento de novos santos e beatos. Enviou-nos, através do Papa Francisco, as graças de um ano dedicado a São José.

Por suas próprias razões, ele não acabou com nosso sofrimento em 2020. E ainda assim a escuridão não cobriu a terra. Sua luz brilhou. Ele ofereceu tantas graças e bênçãos!

Minha oração não é que 2021 seja diferente. Para ser honesto, de certa forma, espero que seja ainda mais difícil. Mas rezo para que o Senhor continue a derramar sua misericórdia e seu amor. E rezo para não perder uma única gota disso.


KORONAWIRUS

Leia também:
Covid-19: Por que Deus não impediu a pandemia?


MULHER CONSOLA OUTRA NA IGREJA

Leia também:
Existe mesmo a vontade de Deus por trás do nosso sofrimento?

Tags:
ano novoPandemia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
2
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
3
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias dos EUA
4
FATHER PIO
Maria Paola Daud
Quando Jesus conversou sobre o fim do mundo com o Padre Pio
5
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
6
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
7
BLESSED CHILD
Philip Kosloski
Cubra seus filhos com a proteção de Deus através desta oração bíb...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia