Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Em foco
separateurCreated with Sketch.

Como aproximar as pessoas de Jesus e Maria através da moda

VIRGIN

Shutterstock | faak

Reportagem local - ACI Digital - publicado em 20/01/21

Através da moda é possível aproximar as pessoas do que Deus realmente é: beleza e bondade

O mundo da moda pode aproximar as pessoas de Jesus e Maria. Isso é o que defende a especialista em moda de Portugal Isabel Cantista.

De fato, Isabel trabalha nesta possível aproximação há mais de 10 anos. Ela é professora de marketing e inovação na Universidade Lusíada do Porto e membro do Painel de Especialistas da Agência Executiva para a Competitividade e Inovação da Comissão Europeia.

“A moda é comunicação. Somos todos únicos. Deus não nos criou apenas para nos vestirmos de preto e com uma camiseta. Somos todos diferentes na maneira de nos vestir, de acordo com a nossa aparência e estilo de vida. A moda real olha nossos pontos fracos e fortes para que possamos nos converter em artistas, expressando a beleza de Deus através de nossos corpos”, disse Isabel em entrevista ao National Catholic Register e citada pela agência ACI. 

Ela ainda acrescentou que tem o desafio de “aproximar as pessoas do que é Deus: beleza e bondade”.

Maria e a moda

A especialista em moda diz que a maior inspiração do seu trabalho vem de Maria. Segundo ela, Nossa Senhora tem uma “presença simples e bela ao mesmo tempo”.

E como o exemplo de Maria e de Jesus pode influenciar a moda? Isabel responde: “Pela Bíblia, sabemos que a túnica de Jesus era sem costuras, e isso significa que foi feita com cuidado. Portanto, provavelmente Jesus tinha muito pouco para vestir: uma túnica branca, um par de sandálias; mas sua túnica foi provavelmente feita por sua mãe, e essa foi a razão pela qual não foi rasgada”.

Os desafios do mundo da moda

A especialista disse que já teve que enfrentar alguns preconceitos por trabalhar no mundo da moda. “Às vezes digo às pessoas com quem trabalho que quase posso ver a mão do diabo tentando me impedir. Mas então, no final, vejo milagres. Por isso estou convencida de que Deus quer mais gente boa trabalhando na indústria da moda”, explicou Isabel.

Ela ainda acrescentou: “Somos chamados a fazer do mundo o que deveria ser. Uma abordagem negativa do mundo significa que nos recusamos a entrar em certos tipos de ambientes, como a moda. Mas eu digo: vá em frente. Seja coerente. Confie em Deus. Faça o que fizer no mundo da moda, certamente fará a diferença, pois Nossa Senhora, nossa Mãe, estará sempre com você”.

Com informações de ACI Digital 


YOUNG BLOND WOMAN SMILING

Leia também:
Fim do plástico: moda ecológica torna-se realidade nas passarelas

Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia