Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 24 Outubro |
São José Lê Dang Thi
Aleteia logo
home iconEspiritualidade
line break icon

Por que João Paulo II proclamou Thomas More patrono dos políticos

THOMAS MORE

Public Domain

Philip Kosloski - publicado em 21/01/21

São João Paulo II queria dar um exemplo virtuoso a todos os políticos sobre como governar com justiça a partir dos princípios católicos

Um Papa raramente faz um anúncio especial declarando um santo como padroeiro de um grupo específico da sociedade. Normalmente os santos se tornam patronos com o tempo e por meio de seu poder de intercessão, não por decreto papal.

No entanto, São João Paulo II abriu uma exceção com Thomas More (Tomás Moro), desejando que ele fosse conhecido por sua vida política.

No ano 2000, João Paulo II escreveu uma carta apostólica especial proclamando “São Thomas More, patrono dos governantes e dos políticos.” Ali, o Papa explicou as várias razões pelas quais acreditava que Thomas More merecia esse título especial.

Modelos para os políticos

Muitas são as razões em favor da proclamação de S. Tomás Moro como Patrono dos Governantes e dos Políticos. Entre elas, conta-se a necessidade que o mundo político e administrativo sente de modelos credíveis, que lhes mostrem o caminho da verdade num momento histórico em que se multiplicam árduos desafios e graves responsabilidades.

São Tomás Moro deve ser um modelo para todos os políticos, especialmente aqueles que professam a fé católica. Ele é um exemplo virtuoso para aqueles que tomam decisões nacionais tão importantes, especialmente na proteção da vida e da família.

Com efeito, existem, hoje, fenómenos económicos intensamente inovadores que estão a modificar as estruturas sociais; além disso, as conquistas científicas no âmbito das biotecnologias tornam mais aguda a exigência de defender a vida humana em todas as suas expressões, enquanto as promessas duma nova sociedade, propostas com sucesso a uma opinião pública distraída, requerem com urgência decisões políticas claras a favor da família, dos jovens, dos anciãos e dos marginalizados.

Compromisso com a verdade

Além disso, São João Paulo II exortou os políticos a reconhecerem a unidade de fé e razão, política e verdade de St. Thomas More.

Esta foi a meta a que o levou a sua paixão pela verdade. O homem não pode separar-se de Deus, nem a política da moral: eis a luz que iluminou a sua consciência. Como disse uma vez, «o homem é criatura de Deus, e por isso os direitos humanos têm a sua origem n’Ele, baseiam-se no desígnio da criação e entram no plano da Redenção. Poder-se-ia dizer, com uma expressão audaz, que os direitos do homem são também direitos de Deus».

São Tomás Moro se destaca como um poderoso testemunho dos direitos da consciência de uma pessoa e da capacidade de seguir fielmente sua religião.

A vida de S. Tomás Moro ilustra, com clareza, uma verdade fundamental da ética política. De facto, a defesa da liberdade da Igreja face a indevidas ingerências do Estado é simultaneamente uma defesa, em nome do primado da consciência, da liberdade da pessoa frente ao poder político. Está aqui o princípio basilar de qualquer ordem civil respeitadora da natureza do homem.

Que São Tomás Moro seja um poderoso exemplo e defensor em nosso tempo, e que todos os políticos olhem para ele como inspiração.




Leia também:
Papa pede que políticos corruptos se convertam




Leia também:
Papa: corrupto come “pão sujo”, peca gravemente e perde a dignidade

Tags:
PolíticaSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia