Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 17 Setembro |
São Roberto Belarmino
home iconEspiritualidade
line break icon

Como confeccionar e usar o Cordão de São José

cord of saint Joseph

Boston at English Wikipedia | CC BY 3.0

Reportagem local - publicado em 28/01/21

Esta devoção cresce cada vez mais e é procurada para alívio das enfermidades corporais e da alma. É também um recurso contra o demônio da impureza

O Cordão de São José teve origem na cidade de Anvers, na Bélgica, onde se localizava o convento das Agostinianas. Conta-se que Sóror Isabel Sillevorts teve uma grave doença (“mal de pedra”) e todos os recursos da medicina não conseguiram curá-la

Devota de São José, ela conseguiu que um sacerdote lhe abençoasse um cordão. Ela, então, o cingiu à cintura, abandonando, dessa forma, os recursos médicos. Depois, iniciou uma novena de Súplica ao pai adotivo de Jesus.

Dias depois, quando fazia ao Santo as mais ardentes súplicas, Sóror Isabel ficou livre de um cálculo de dimensões muito grandes.

A repercussão do milagre foi muito grande e rápida, fazendo com que aumentasse, entre os moradores de Anvers, a devoção a São José.  A devoção ao Cordão foi crescendo cada vez mais e, hoje, os fiéis não o procuram somente para alívio das doenças corporais, mas, também, e com igual sucesso, para os perigos da alma.

Devemos, também, salientar que, o Cordão de São José é uma uma arma poderosa, contra o demônio da impureza. Devido à sua eficácia contra os males corporais, espirituais e morais, a Santa Sé autorizou a Devoção do Cordão de São José, permitindo até seu uso de forma pública e solene.

Como confeccionar e usar o Cordão de São José

O Cordão de São José deve ser confeccionado com linho ou algodão bem alvejado. A pureza e a alvura desses materiais lembram a candura e a pureza de São José.

Numa das extremidades, o Cordão deve ter sete nós, que representam as sete tristezas e as sete alegrias do Glorioso São José.

Por fim, o cordão deve receber a bênção de sacerdotes.

Pode-se usar o Cordão de São José, das seguintes formas:

  • Preso à cintura sob a roupa (o cordão maior), no pulso (o cordão menor) ou tê-lo bem guardado para ser usado por ocasião de dores e sofrimentos físicos, aplicando-o com fé na parte enferma do corpo, como costumamos fazer com medalhas do Senhor Jesus e de Nossa Senhora, rezando, então, a São José, sete vezes o Glória ao Pai;
  • Pode, também, ser usado no carro, nos livros, na carteira, na carteira de motorista, no travesseiro etc. Pode, também, ser colocado na cabeceira do doente ou no pulso dele. As pessoas que usarem, habitualmente, o Cordão de São José terão a graça da boa morte. Aqueles que o trouxerem, constantemente, consigo, terão proteção, especialmente, na guarda e na defesa da sublime virtude da castidade, em qualquer de seus três graus e categorias;
  • O Cordão de São José pode e deve ser usado pelas gestantes que o levarão cingido à cintura, protegendo-as do perigo de aborto e nos partos difíceis, como comprovam centenas de fatos.

Deve-se rezar, diariamente, Sete Glórias ao Pai em honra das sete dores e das sete alegrias de São José, ou qualquer outra oração a São José. O Papa Pio IX enriqueceu esta fácil e benéfica devoção, com várias indulgências plenárias e parciais.

Indulgências

Dias nos quais se lucram indulgências plenárias trazendo consigo o cordão: no dia do recebimento do Cordão; no Natal (25/12); nas festas de Nossa Senhora Mãe de Deus e Circuncisão (01/01);  Reis (06/01); Páscoa, Ascensão, Pentecostes; Corpus Christi; Sagrado Coração de Jesus; Imaculado Coração de Maria (22/08); Assunção de Nossa Senhora (15/08); Esponsais de São José (23/01); na Festa de São José (19/03); São José Operário (01/05); e em perigo de morte.

Deve-se rezar diariamente sete Glórias ao Pai em honra das sete dores e das 7 alegrias de São José, ou qualquer outra oração a São José.

Com informações de Canção Nova 

Tags:
São José

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
5
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
6
Ricardo Sanches
Menino de 4 anos brinca de missa, conhece vários santos e surpree...
7
ROSARY
Philip Kosloski
É verdade que meu Anjo da Guarda termina de rezar o Rosário se eu...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia