Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
home iconAtualidade
line break icon

“Homem e mulher Deus os criou” 

Jessica Da Rosa | Unsplash

Vanderlei de Lima - publicado em 31/01/21

Livro preenche uma lacuna sobre a temática da homossexualidade e a moral católica em nosso país

O Pe. Davi Francesquini, zeloso sacerdote brasileiro, nos oferece o livro de título acima. É obra, fiel à Igreja, que preenche, certamente, uma lacuna sobre a temática da homossexualidade e a moral católica em nosso país. 

Para bem expressar a sua sintonia com o Catecismo da Igreja Católica n. 2357-2358, o Padre David redige uma longa e importante nota na página 7, que diz o seguinte: “Nos documentos oficiais da Santa Sé, em seu texto em português, as palavras ‘homossexualismo’ e ‘homossexualidade’ são empregadas usualmente como sinônimas. Porém, ao longo deste trabalho, e seguindo um costume que vai se tornando cada vez mais frequente entre os que escrevem sobre esse tema (v., por exemplo, Mons. José Luiz Villac, A Palavra do Sacerdote, Catolicismo n. 553, janeiro de 1997, p. 7-8), far-se-á sistematicamente a seguinte distinção: – a palavra ‘homossexualismo’ será empregada exclusivamente para referir-se à prática pecaminosa de relações homossexuais e à promoção das ditas relações; – a palavra ‘homossexualidade’ será empregada exclusivamente para referir-se à atração sexual por pessoas do mesmo sexo – ou tendência homossexual – pela qual a pessoa que sente não pode ser responsável. Analogamente, ao usarmos os substantivos ‘homossexual’ e ‘homossexuais’ num contexto condenatório referimo-nos sempre exclusivamente a pessoas que praticam e endossam o homossexualismo. Ficam por isso absolutamente excluídas dessa condenação aquelas pessoas que, embora sentindo em si uma tendência homossexual, esforçam-se por não lhe dar curso, a fim de salvaguardar a virtude da castidade, merecendo desse modo todo o nosso apoio e respeito.”

Doutrina e normas

Quanto aos objetivos da obra em si, escreve o autor: “Este opúsculo é um estudo destinado a relembrar aos fiéis católicos a doutrina e as normas da Igreja sobre o pecado contra a natureza denominado homossexualismo. Fundamentado no Supremo Magistério da Igreja, nos escritos de santos e de teólogos universalmente aceitos pela Igreja como fidedignos, utiliza também informações contidas em conceituadas publicações. Moveu-nos a redigi-lo e publicá-lo o zelo pela salvação das almas, pois os fiéis católicos têm hoje dificuldade em obter orientação segura para os problemas morais com que se defrontam diariamente. Seja para a orientação pessoal, seja visando à educação e formação dos filhos, seja ainda na ação de esclarecer os parentes e amigos, nada melhor do que basear-se no que a Santa Igreja ensina desde todo o sempre. A desorientação atual é grande, e devemos aderir em tudo à palavra do Divino Mestre, pois stat crux volvitur orbis – enquanto o mundo gira, a cruz permanece inabalável” (p. 8). Mais: “Queremos ainda ressaltar que a divulgação do presente trabalho não tem como objetivo difamar ou injuriar ninguém. Não nos move o ódio pessoal contra quem quer que seja. Nossa posição às pessoas e organizações promotoras do movimento homossexual visa defender o matrimônio, a família e as preciosas instituições e normas da civilização cristã na sociedade” (p. 10).

Isso posto, sugeriremos três observações ao livro Homem e mulher Deus os criou: 1) Por que a bibliografia é predominantemente norte-americana? Porque, explica o autor, “os textos aqui apresentados foram em grande parte colhidos no livro Defending a Higher Low, editado pela TFP norte-americana” (p. 10). Todavia, o autor poderá, nas próximas edições, dizer, por exemplo, que o livro de Gerard J. M. van der Aardweg, intitulado The Battle for Normality, está traduzido pela Editora Santuário, de Aparecida, SP, com o título A Batalha pela normalidade sexual. 2) Na questão 13 (p. 20), poderia ter incluído algo sobre a tão debatida questão de gênero. 3) Seria interessante que o autor, juntando as respostas das questões 1 (p. 11) e 105 (p. 100), tivesse explorado, de modo sucinto e didático, a objeção de consciência, pois ela pode ser obscura aos leitores. A título de esclarecimento diremos que Objeção de consciência é o nome dado à recusa ética que um cidadão faz de obedecer a certas leis civis imorais de seu país. 

O livro pode ser baixado em: https://biblioteca.ipco.org.br/downloads/homem-e-mulher-deus-os-criou/




Leia também:
Vítima da ideologia de gênero

Tags:
homossexuaismoral
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia