Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 03 Dezembro |
São Cromácio de Aquileia
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Deputada ofendeu eleitores pró-vida e deve desculpas, diz arcebispo nos EUA

Deputada Nancy Pelosi

United States House of Representatives - Public Domain

Francisco Vêneto - publicado em 03/02/21

Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos EUA, afirmou que eleitores pró-vida "seriam capazes de vender a democracia americana"

Deputada ofendeu eleitores pró-vida e deve desculpas, declarou o arcebispo de São Francisco, dom Salvatore Cordileone, em referência a Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos – equivalente, grosso modo, à Câmara dos Deputados no Brasil.

Pelosi, de fato, afirmou que os eleitores religiosos e pró-vida “seriam capazes de vender a democracia americana”.

Dom Salvatore contestou enfaticamente as declarações da política democrata, que, embora afirme ser católica, adota posicionamentos escancaradamente incompatíveis com a doutrina da Igreja, como é o caso patente do apoio ao aborto.

Sobre o direito de todo ser humano à vida desde a concepção, o arcebispo enfatizou:

“Pelosi se manifesta em direta contradição com um direito humano fundamental que o ensino católico tem defendido constantemente há 2.000 anos”.

As afirmações de Nancy Pelosi foram veiculadas no podcast da ex-senadora Hillary Clinton, também defensora de políticas pró-aborto mediante eufemismos como “direito de escolha” e “saúde reprodutiva”. A respeito de tais afirmações, o arcebispo de São Francisco declarou:

“Nancy Pelosi não fala pela Igreja Católica. Nossa terra está encharcada de sangue dos inocentes e esse derramamento precisa ser estancado”.

Dom Salvatore desmascara que alegar defender “direitos da gestante” mediante o extermínio do seu filho em seus primeiros estágios de desenvolvimento é uma “cortina de fumaça para perpetuar toda uma indústria que se beneficia de um dos males mais atrozes”, que é o aborto e os bilhões de dólares produzidos por seu intermédio.

Basta recordar, a propósito, apenas um dos escândalos que recaíram sobre o maior conglomerado de clínicas de aborto dos Estados Unidos, a rede Planned Parenthood, acusada reiteradas vezes de tráfico de órgãos de bebês abortados. A mesma rede também foi acusada de fraudar pedidos de verba federal norte-americana destinada a amparar pequenas empresas durante a crise provocada pela pandemia de covid-19 durante a primeira onda dessa doença no país.

Deputada ofendeu eleitores pró-vida e deve desculpas, afirma o arcebispo

Dom Salvatore Cordileone também questionou a leviandade com que Pelosi generalizou subjetivamente sobre as motivações dos eleitores que levam em conta as políticas pró-vida na hora de escolherem seu candidato:

“Há muitas questões de consequências morais muito graves que os católicos devem pesar na consciência quando votam”.

Uma das mais óbvias deveria ser justamente o direito à vida desde a concepção até a morte natural.

O arcebispo também destacou a incoerência entre o ataque gratuito de Nancy Pelosi aos eleitores pró-vida e o alegado chamamento de Joe Biden à unidade do povo norte-americano em seu discurso de posse. Dom Salvatore foi enfático:

“Ela deve desculpas a esses eleitores”.

Papa Bento XVI já foi claro com Nancy Pelosi

Não custa lembrar que o Papa Emérito Bento XVI já dirigiu palavras bem clara à mesma Nancy Pelosi ao recebê-la em 18 de fevereiro de 2009, quando era o Papa reinante. Na ocasião, Bento recordou à parlamentar democrata que se declara católica:

“A lei moral natural e o constante ensino da Igreja sobre a dignidade da vida humana desde a concepção até a morte natural impõem a todos os católicos, especialmente aos legisladores, juristas e responsáveis pelo bem comum da sociedade, o dever de cooperarar com todos os homens e mulheres de boa vontade para promover um ordenamento jurídico justo, que proteja a vida humana em todas as etapas de seu desenvolvimento”.

É o caso de questionarmos mais a fundo quem é que está vendendo de fato a democracia: se é quem defende a vida humana em todos os seus estágios ou se é quem falsifica o próprio conceito de vida humana para submetê-lo à sua narrativa ideológica.


JOE BIDEN

Leia também:
Governo Biden financiará aborto fora dos EUA, revogando políticas pró-vida


JOE BIDEN

Leia também:
Bispos dos EUA a Joe Biden: “Aborto é ataque direto à vida”

Tags:
AbortoIdeologiaPolíticaVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia