Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
São Félix III (II)
home iconReligião
line break icon

Falaram-me que o casamento é uma instituição falida

MARRIAGE

MNStudio | Shutterstock

Vitor Roberto Pugliesi Marques - publicado em 07/02/21

Ora, uma vez que Deus e sua Igreja não erram, como pode ser o casamento uma instituição falida?

Enquanto estávamos, minha esposa e eu, em preparação para o matrimônio, um conhecido nos disse, em um ambiente de conversa informal, que pensássemos bem, pois o matrimônio era uma instituição falida. Essa afirmação causou-nos uma grande surpresa, pois, estando em fase de noivado, já havíamos tomado a decisão de receber esse sacramento. Colocando, entretanto, o espanto de lado, é interessante perguntarmos o porquê tal alegação foi feita. 

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que se constitui uma das principais fontes de dados do Brasil, os brasileiros estão se casando cada vez menos. Em 2019, foram registrados 1.024.676 casamentos civis, o que representa uma redução de 2,7% em relação ao ano anterior. Desse total, 9.056 ocorreram entre pessoas do mesmo sexo. O número de casamentos registrados em cartório recuou em todas as regiões, com mais intensidade no Sudeste (-4,0%) e menos no Norte (-0,3%). Além disso, houve também uma diminuição no tempo de duração do casamento na última década. Em 2019, o tempo médio entre a data do casamento e o divórcio foi de 13,8 anos; em 2009, era de 17,5 anos. Acrescenta-se ainda a esse dado que 48,2% dos divórcios ocorreram após menos de 10 anos de casamento. Parece-nos que os brasileiros estão cada vez menos motivados a se casar, e, quando se casam, estão menos motivados a manter a promessa feita “até que a morte os separe”. 

Para proceder a uma análise do ponto de vista da fé, devemos primeiro ter em mente que o matrimônio não é uma instituição humana, mas, sim, divina. Este foi instituído por Cristo, de modo que São Paulo, em sua carta aos Gálatas, vai explanar sobre o mistério no qual um homem e uma mulher são chamados a se amar “como Cristo amou a Igreja” (Ef 5,22-33). Ora, uma vez que Deus e sua Igreja não erram, como pode ser o casamento uma instituição falida? Resposta: não é uma instituição falida! Pelo contrário é a única instituição na qual o homem pode ser verdadeiramente feliz, seja por meio do matrimônio entre um homem e uma mulher, seja pelo matrimônio espiritual entre um(a) vocacionado(a) e Deus. 

Sacramento

O que acontece, todavia, é que grande parte dos casais não tem em mente essa dimensão divina do sacramento do matrimônio, seja por má-formação na fé, seja pela cultura moderna que atribui status de cárcere ao casamento. Muitos são os que se unem por um mero formalismo social. Nessa dimensão, abre-se espaço para o egoísmo, para o individualismo e para o egocentrismo, de modo a culminar na descrença para com a união marital e, muitas vezes, em seu término. Vale lembrar que estamos versando sobre as uniões válidas, pois há inúmeras que são inválidas perante a Igreja (cf. Nulidade matrimonial: Impedimentos, publicado por Vanderlei de Lima, no Aleteia, em 24/01/2020). Sendo inválida uma união, não há como se argumentar perante os ensinamentos da Igreja, pois trata-se de uma instância jurídica social e não de um sacramento.

O Concílio Vaticano II vai nos ensinar que “a comunidade profunda de vida e de amor constituída pelo casal foi fundada e dotada de suas leis próprias pelo Criador: está estabelecida sobre a aliança dos conjugues, quer dizer, sobre o seu consentimento pessoal e irrevogável”.  Sendo algo perpétuo, para que seja vivido do modo como Cristo ensinou, deve ser bem preparado e não se pode pular etapas. Da mesma forma como um sacerdote tem de se preparar para a ordenação por meio do seminário e das faculdades de filosofia e teologia, também um casal deve ser preparar para o matrimônio. Deve-se ter um namoro santo, orientado por um bom sacerdote e um bom apoio familiar. Passa-se, após esse tempo de discernimento, à etapa do noivado, que é quando noivos e famílias se unem de modo mais visível, dialogando sobre os valores e sonhos em comum. Dado esse tempo, toma-se o passo do matrimônio, que deve ser a etapa final de concretização de um plano de vida, no qual Deus é o alicerce e diretor. Sobre essa base alicerçar-se-ão os filhos que Deus vier a conceder e, em última instância, a própria sociedade e a Igreja, pois são as famílias as células tanto do corpo social quanto do corpo místico de Cristo, que é sua Igreja. 

O que Deus uniu, nada separa. Para isso temos de caminhar conforme os caminhos que Ele intuiu à sua Igreja, sem pular etapas, para que não caiamos também na falácia de acreditar ser o casamento uma instituição falida. 




Leia também:
A poderosa oração que está transformando os casais

Tags:
CasamentoSacramentos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia