Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 23 Outubro |
São João de Siracusa
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Como se livrar da dependência emocional? 

MIŁOŚĆ

Thomas Quaritsch/Unsplash | CC0

Javier Fiz Pérez - publicado em 07/02/21

Nos relacionamentos românticos, a dependência emocional é um transtorno de personalidade com raízes profundas

A dependência emocional é um transtorno de personalidade em que uma pessoa com baixa autoestima busca constantemente segurança em outras pessoas, ou em fatores externos, sem confiar em seus próprios critérios e recursos internos.

A dependência emocional começa quando uma criança não é amada adequadamente pelas pessoas que mais significam para ela, como pais, irmãos ou outras pessoas próximas. Essa falta de amor gera baixa autoestima, um problema que tende a crescer durante a adolescência. Quando adulto, o dependente emocional recria situações em que ele desempenha um papel submisso, sempre tentando agradar aos outros, a fim de manter o vínculo de relacionamento a todo o custo, evitando assim a terrível perspectiva de rejeição.

A falta de autoestima desde a infância é a principal causa da dependência emocional. É o resultado de uma chantagem emocional que ensina a criança que ela só será amada depois de atender as expectativas de seus pais ou outras pessoas importantes. Qualquer esforço para se afirmar ou mostrar sua individualidade será reprovado ou punido. Suas asas são cortadas, e ela rapidamente aprende a não criar conflitos ou a não incomodar seus pais se ela quiser ter o carinho que ela precisa.

Manipulação e sentimentos de culpa

Provocar culpa é uma maneira de manipular a criança a ter a atitude “certa”. As mães costumam queixar-se sobre a forma como seus filhos ou maridos as decepcionam ou as irritam; os pais autoritários geralmente dizem com um tom desproporcional: “Fique quieto e faça o que eu digo” ou “Nesta casa, faça o que eu digo para fazer”.

Falhas na construção da autoestima

A autoestima da criança, e a capacidade de estar sozinha, é construída através do reflexo, ou do espelho, da confiança que seus pais colocam nela. Uma criança pode ter falhas durante esta etapa porque seus pais não lhes mostram as capacidades que elas têm; ela é incapaz de interiorizar essas qualidades e precisa de um adulto ao seu lado para se sentir segura.

Episódios de paixão, indiferença, abuso e manipulação são manifestações de padrões desordenados, ou mesmo padrões patológicos, psicológicos.

Como seres humanos, tendemos a procurar e reproduzir o que é familiar para nós, o que vimos desde a nossa infância. Estes são padrões comportamentais aprendidos na infância que deixam uma marca profunda em cada ser humano.

Então, é um grande erro confundir amor com dependência e relações tóxicas. Isso pode acontecer, particularmente, quando a autoestima de uma pessoa é baixa, e eles estão procurando aceitação e amor dos outros, mesmo que isso signifique comprometer sua própria dignidade.

Indicadores

Os dependentes emocionais aceitam desprezo e abuso como algo normal; eles tendem a se sentir atraídos por pessoas que parecem ser muito seguras sobre si mesmas e que têm uma personalidade dominante. Infelizmente, os dependentes emocionais não conhecem o amor genuíno entre duas pessoas que se respeitam e trocam carinho; eles têm dificuldade em assumir as rédeas de suas próprias vidas e eles esperam ser “encontrados” algum dia por essa pessoa especial que os fará felizes e acabarão com sua solidão e angústia existencial.

Alguns comportamentos são indicadores claros de relacionamentos não saudáveis, e podem mudar gradualmente para uma dependência perigosa, como possessão, manipulação, falta de respeito, ciúmes, insegurança e abuso. Estes são sintomas de um medo de não serem amados e aceitos como são. É por isso que as pessoas se enquadram em situações de dominação e submissão – tentam garantir uma aparente estabilidade com um falso carinho e atenção que pode ser transformado em uma dependência, uma “droga”.

O segredo é construir uma parceria, desenvolvendo a melhor parte de nós mesmos e escolhendo pessoas compatíveis e que também busquem trazer o melhor de si mesmas em respeito, estima sincera, atenção, compreensão, aceitação e verdadeiro carinho.

O ambiente certo é aquele que favorece o amor pela autodoação, a abertura e o respeito pela outra pessoa.

Saber amar e estimar a nós mesmos é uma base saudável para poder amar e estimar o outro e começar a procurar um parceiro saudável e amoroso.

Alguns sintomas de dependência emocional

  • Constante e obsessiva necessidade de estar perto de outras pessoas;
  • Incerteza constante sobre o futuro;
  • Sentimento de não ser bom o suficiente para estar com a outra pessoa;
  • Medo obsessivo de perder o amor;
  • Constante sentimento de culpa se não prestarem total atenção ao parceiro;
  • Aceitação de sofrimento psicológico e físico, por medo de acabar o relacionamento;
  • Um constante e dominante sentimento de ansiedade.


PARENTING

Leia também:
Como criar seus filhos com inteligência emocional


EDUCATION

Leia também:
Quer que seus filhos sejam emocionalmente inteligentes? Dê a eles lápis e papel

Tags:
AmorRelacionamento
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
3
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
6
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
7
JESUS
O São Paulo
Que os mortos enterrem seus mortos: o que Jesus quis dizer com is...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia