Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Com que frequência devo receber a Eucaristia?

HOLY-COMMUNION-COVID-FRANCE-FR639223B.jpg

Philippe Lissac / Godong

Image d'illustration.

Philip Kosloski - publicado em 14/02/21

Você não precisa entrar na fila da Comunhão toda vez que vai à Missa

Quando chega a hora da Comunhão na Missa, a cena típica é a de uma procissão ordenada, com a maioria dos presentes lotando o corredor principal da igreja para receberem a Eucaristia de um padre ou ministro. Se um paroquiano não pode se levantar, alguém vai lhe entregar a Eucaristia no seu lugar.

Receber a Comunhão todos os domingos do ano é extremamente comum para todos da igreja – sem exceção.

Por isso, a pergunta: “Com que frequência eu deveria receber a Eucaristia?” soa desnecessária e óbvia para muita gente. No entanto, a Igreja, em sua sabedoria, estabeleceu diretrizes específicas que devem nos ajudar ao longo da nossa caminhada para o Céu.

A rigor, os católicos são orientados a receber a Eucaristia, no mínimo, uma vez por ano:

“Todo fiel, depois que recebeu a sagrada Eucaristia pela primeira vez, tem a obrigação de receber a sagrada comunhão ao menos uma vez por ano.

Esse preceito deve ser cumprido no período pascal, a não ser que, por justa causa, sejam confortados com a sagrada comunhão como viático” (Direito Canônico, 920).

Intenção do preceito

Pode parecer um pouco estranho que a igreja só nos peça para receber a Eucaristia uma vez por ano, durante a época da Páscoa. No entanto, este preceito tem a intenção de nos lembrar das condições necessárias que devemos cumprir para receber a Santa Eucaristia de maneira digna. Para saber quais são estas condições, clique aqui.




Leia também:
Quantas vezes por dia podemos comungar?

A Igreja enfatizou nos últimos anos que a recepção da Eucaristia nunca deve acontecer dissociada do sacramento da Confissão. Basicamente, se depois de um bom exame de consciência você sente que está livre de qualquer pecado grave, então a Igreja sugere que você receba a Eucaristia, a fonte de nossa fé.




Leia também:
Que pecados nos impedem de comungar?

No entanto, se você está consciente de um pecado grave, então a Igreja pede que você se abstenha de receber a Sagrada Comunhão e que permaneça no banco, ou se aproxime do padre com os braços cruzados sobre o peito, indicando que você preferiria uma bênção ao invés da Eucaristia.

A Igreja espera que você se confesse assim que pudesse, a fim de restaurar a sua relação com Deus.




Leia também:
A importância de comungar bem


CENTENARY.MASS,ORIENTAL.POPE FRANCIS

Leia também:
Papa: voltem à Missa, a Eucaristia é real, não virtual

Tags:
EucaristiaMissa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia