Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Conheça a santa padroeira dos noivos

couple2.jpg

Philip Kosloski - publicado em 16/02/21

A trágica história de Santa Inês pode nos ensinar muito sobre a necessidade de avaliar nossos relacionamentos

Inês foi uma bela jovem na Roma Antiga, nascida em nobreza e criada em uma família cristã durante o tempo em que o imperador procurou extinguir a chama do Cristianismo. Mesmo assim, Inês era bem apreciada por seus colegas na idade jovem e costumava passear pela cidade com amigos, acompanhada por sua irmã adotiva Emerentiana. Foi sua aparência impressionante que atraiu a atenção de muitos pretendentes. Seus longos cabelos pretos, pele clara e olhos castanho-escuros foram comentados por homens do mais alto escalão.

Seria vantajoso para ela ter se casado com qualquer homem que se aproximou, no entanto ela recusou a todos. Pelas muitas investidas, ela  reconheceu que os corações dos homens estavam cheios de luxúria. Além disso, em seus olhos, ela já estava “tomada” por Deus e desejava viver uma vida pura e casta.

Condenação

Um dia, outro pretendente passou, desta vez o filho de um influente prefeito romano. Um jovem orgulhoso, que tinha certeza de que Inês iria se casar com ele, especialmente por causa de seu status elevado. Ela recusou-o duas vezes. Isso enfureceu seu pai que, rapidamente, informou as autoridades locais que Inês era uma cristã. Inicialmente impedida pela lei romana (que não permitia a execução de uma virgem), toda tentativa de prejudicar sua pureza declinou. Uma nova decisão foi feita e os funcionários condenaram-na a uma morte cruel.

A cidade ficou chocada com a notícia da execução de um cordeirinho tão precioso, e acredita-se que sua morte contribuiu para o fim da perseguição cristã.

A trágica história de Inês, uma bela jovem que foi morta por não aceitar as propostas de um homem poderoso, pode nos ensinar muito sobre a necessidade de avaliarmos nossos próprios relacionamentos. Acima de todas as coisas, Inês queria preservar suas crenças religiosas e a pureza de coração. Por isso, recusou-se a recuar quando estava sob pressão. Esses homens que se aproximaram dela foram, claramente, alimentados por suas paixões pecaminosas e ficaram pasmados quando ela não cedeu.

Ensinamento

Em nossas próprias vidas, muitas vezes pensamos que, para encontrar o amor, devemos baixar nossos padrões. Devemos pensar que precisa haver um “dar e receber” em nossos relacionamentos quando se trata de nossa pureza. Um namorado, namorada ou noivo pode sugerir: “Vamos morar juntos”, e poderíamos responder: “Por que não? Não estamos  no século XXI?”

O que Inês nos ensina é que não devemos nos curvar sob as pressões do mundo e que é possível permanecermos fortes em nossa fé, mesmo quando todos estão contra nós. Não precisamos comprar um amor superficial, mas devemos procurar algo muito maior, que nos satisfaça verdadeiramente. Ela é um grande exemplo para nós e para todos os noivos, inspirando-nos a permanecer fiéis às nossas crenças e a nos apegarmos estreitamente ao amor de Deus.

Oração

Se você está noivo ou noiva (ou está prestes a ficar), luta com pureza e tem medo de se aproximar de seu amado por causa disso, reze a Santa Inês de Roma. Ela sabe a pressão que você está sofrendo e vai interceder por você em seu nome, dando-lhe a força para fazer o que parece impossível.

Ó gloriosa Santa Inês, Que serviu a Deus com humildade e confiança na terra E está, agora, no gozo de Sua visão beatificada no céu, Porque perseverou até a morte E ganhou a coroa da vida eterna. Lembre-se, agora, dos perigos Que me cercam no vale de lágrimas, E interceda por mim em minhas necessidades e problemas. Amém.

Casar na Igreja

Leia também:
Solteiro ou solteira: você tem medo de ficar noivo(a)? Veja a solução


namorados

Leia também:
A “Oração dos Namorados” distribuída num encontro com o Papa Francisco

Tags:
AmorNamoroOraçãoRelacionamento
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia