Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconCultura e Viagem
line break icon

Retiro sagrado: como São Francisco costumava vivenciar a Quaresma

Hermitage of the Carceri

Photo courtesy of Bret Thoman

Zelda Caldwell - publicado em 17/02/21

Conheça os locais para onde São Francisco costumava se retirar em suas várias quaresmas ao longo do ano

São Francisco costumava vivenciar várias quaresmas ao longo do ano. De fato, ele se dedicava à oração e ao jejum por períodos de 40 dias, quatro ou cinco vezes por ano.

Além do período tradicional da Quaresma antes da Páscoa, São Francisco rezava na festa de São Pedro e São Paulo (29 de junho), na Assunção de Maria (15 de agosto), na Quaresma de São Miguel (29 de setembro) e nas quatro semanas anteriores ao Natal (Advento).

Retiros

Durante esses períodos, ele suspendia seus ministérios apostólicos e se retirava para os eremitérios. Os eremitérios eram lugares simples e austeros nas colinas e montanhas, longe das vilas e cidades. Tomás de Celano, o primeiro biógrafo de São Francisco, escreveu: “Nas fendas da rocha ele construiria seu ninho e nas cavidades da parede sua morada.”

O eremitério franciscano mais conhecido perto de Assis é o Carceri. Foi o próprio São Francisco que o fundou e os frades franciscanos lá permanecem até hoje. Na verdade, ao longo de sua vida, São Francisco fundou cerca de 20 outras ermidas na Itália central.

As ermidas eram tão importantes para São Francisco que ele escreveu uma Regra para descrever  como os frades deveriam rezar e se conduzir enquanto viviam como eremitas. A Regra prevê que alguns frades devem dedicar-se exclusivamente à oração, enquanto outros devem cuidar das necessidades da comunidade.

São Francisco e oração

Os primeiros biógrafos de São Francisco nos mostram o que acontecia com ele durante esses períodos de oração durante suas quaresmas.

Tomás de Celano escreveu:

“Toda a sua alma tinha sede de Cristo e ele dedicou não só todo o seu coração, mas também todo o seu corpo a ele… Seu porto mais seguro era a oração; não oração de um único momento, prece ociosa ou presunçosa, mas oração de longa duração, cheia de devoção, serena na humildade. Se começasse tarde, dificilmente terminaria antes do amanhecer. Andando, sentado, comendo ou bebendo, ele sempre estava empenhado em rezar. Ele saía sozinho para rezar à noite em igrejas abandonadas e localizadas em lugares desertos, onde, sob a proteção da graça divina, ele superava muitos medos e muitas perturbações mentais.”

Torna-se evidente, portanto, que, por meio da oração, Francisco se tornou cada vez mais um canal da graça e do amor de Deus. Esses períodos profundos e intensos de oração transformaram a vida do santo.

Uma transformação da Quaresma

São Francisco, ao final da Quaresma, deixava seu eremitério e voltava para o vale. Mas não sem ter sido transformado e se tornado mais semelhante a Cristo. Então, ele se dedicava a servir o povo de Deus: os leprosos, a comunidade, a Igreja.

De fato, poucos entre nós podem se dedicar exclusivamente à oração por 40 dias. No entanto, ao iniciarmos nossa Quaresma, que o exemplo de São Francisco nos guie e inspire em nossa própria jornada.

Clique na galeria abaixo e conheça os eremitérios onde São Francisco costumava passar a Quaresma.


SAINTS

Leia também:
3 santos que nos mostram como a Quaresma deve ser

Tags:
PenitênciaQuaresmaSantosViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia