Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
Perpétua e Felicidade
home iconReligião
line break icon

A confusão entre ecumenismo e sincretismo

Adoration eucharistique Paray le Monial

P Deliss / Godong | Ref:012

Vitor Roberto Pugliesi Marques - publicado em 21/02/21

Sempre alerto para que não caiamos na tentação de que se poderia colocar todas as religiões em um mesmo balaio, fazer uma mistura entre elas e, assim, tirar uma religião global única

Dentre as obras que mais me são caras, desde os tempos de adolescência, está o livro “A Viagem de Théo”, da escritora francesa Catherine Clément. 

Trata-se de um romance no qual a autora vai narrar a viagem de tia Marthe, com seu sobrinho Théo, pelo mundo das diversas religiões, após ele ter sido diagnosticado por uma doença grave. No curso dessa viagem, os personagens visitam locais de forte religiosidade, tais como Roma, Jerusalém, Índia, China e Japão. Entretanto, há uma pitada a mais de tempero quando passam pelo Brasil, pois é onde a tia Marthe encontra um possível amor. A autora certamente valeu-se de um conhecimento prévio assaz profundo sobre as religiões, pois há uma fundamentação teórica muito admirável em cada uma das páginas.

Sincretismo

Todavia, paralelo à indicação de leitura (que recomendo fortemente), sempre alerto para que não caiamos na tentação de chegar a uma perigosa conclusão: a de que se poderia colocar todas as religiões em um mesmo balaio, fazer uma mistura entre elas e, assim, tirar uma religião global única. Colocando todas as religiões em paralelo, há a sugestão, no livro, de pé de igualdade entre as diversas crenças, sendo descrito que em todas religiões há prós e contras; portanto todas são igualmente boas e levam à verdade de Deus. Ora, nessa linha de raciocínio, por que não pegar o melhor de cada uma e fazer uma religião só para o mundo todo? A esse pensamento de mistura dá-se o nome de sincretismo. No Brasil, é bem notada essa realidade de sincretismo, sobretudo nas religiões afro-brasileiras em que as divindades africanas (os orixás) assumem nomes e imagens de santos católicos. Mas não só nos cultos africanos; grande parte dos brasileiros convive bem transitando entre cultos protestante, católico e espírita, reunindo o que acha de melhor em cada uma dessas doutrinas divergentes. 

Verdade única

Vai nos ensinar o Catecismo da Igreja Católica que, de fato, “muitos elementos de santificação e de verdade existem fora dos limites visíveis da Igreja Católica” (Catecismo da Igreja Católica, n. 819) e é desejo de toda a Igreja a unidade dos cristãos. Todavia, devemos entender que, enquanto nos diversos cultos encontram-se esparsos os elementos de santificação e verdade, é apenas na Igreja Católica que se tem todos eles reunidos de modo completo e perfeito, pois a Igreja não é obra de mãos humanas, mas, sim, fruto do nosso Divino Senhor Jesus Cristo. Deste modo, são os princípios da Igreja o prisma pelo qual o católico deve dialogar com as demais religiões. Sendo assim, não é possível defender o sincretismo. Tendo conhecimento e convicção de tudo o que crê e ensina a Igreja, deve-se buscar os elementos em comum nas demais religiões para iniciar um diálogo saudável, fenômeno ao qual chamamos de ecumenismo (quando ocorre entre credos cristãos) e diálogo inter-religioso (quanto ocorre entre credos cristãos e não cristãos). Deve-se ter em mente, todavia, que esse diálogo só será plenamente saudável se levar o outro a contemplar a Verdade única, que é a fé em Jesus Cristo e na sua Esposa, a Igreja Católica. 

Verdadeiro ecumenismo

Entre os pontos de maior destaque do pontificado de São João Paulo II está a criação dos encontros ecumênicos de Assis, em 1986, que reuniram sacerdotes de várias confissões cristãs, incluindo os ortodoxos, e, ainda, representantes de outros credos. Em seu discurso proferido na Basílica de São Francisco, em Assis, em 27 de outubro de 1986, há elementos fundamentais para o diálogo ecumênico, destes destaco dois. O primeiro é quando diz o Santo Padre: “Professo de novo a minha convicção, partilhada por todos os cristãos, que em Jesus Cristo, o Salvador de todos, podemos encontrar a verdadeira paz”. Qualquer tentativa de se encontrar a paz que não passe pela pessoa de Jesus Cristo não é frutífera e leva à pseudo-paz. Não podemos, assim, abrir mão de elementos fundamentais da fé, se quisermos a verdadeira paz, tais como a defesa da vida desde sua concepção até o seu declínio natural e dos valores evangélicos sobre a família, o homem e a mulher etc. Segundo ponto de destaque é quando diz: “Sim, todos nós consideramos a consciência e a obediência como um elemento essencial no caminho para um mundo melhor e em paz”. Tendo em nossos corações os valores católicos legítimos, temos de dar voz aos ditames de nossa consciência e refutar tudo aquilo que possa, de algum modo, não estar de acordo com o que a Igreja define e defende. 

Que saibamos sempre realizar o verdadeiro ecumenismo, pois somente quando ele é verdadeiramente desempenhado é capaz de gerar frutos de bem para a Igreja e para todo o mundo.  


JOHN PAUL II

Leia também:
A santidade como antídoto para o mal no mundo


AQUINAS

Leia também:
Mais perto dos livros e mais longe de Deus? Santo Tomás esclarece esse erro

Tags:
DiálogoEcumenismoVerdade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia