Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 02 Março |
Santa Inês de Boêmia
home iconAtualidade
line break icon

Exposição no MASP comprova a atualidade de Edgar Degas

Maarten Zeehandelaar / Shutterstock.com

Octavio Messias - publicado em 22/02/21

 Esculturas do acervo do museu voltam à sala de exibição acompanhadas de ensaio fotográfico 

Segue em cartaz no MASP a mostra Degas, com 76 obras do escultor e pintor francês Edgar Degas (1834–1917), o acervo completo com a obra do artista na instituição, que volta a ser exibida ao público depois de 14 anos. Os trabalhos passaram a integrar a coleção nos anos 1950, década de aquisições excepcionais por parte de Pietro Maria Bardi (1900–1999), diretor e fundador do Museu de Arte de São Paulo. A série bailarinas, uma das mais extensas e celebradas do artista, está bem representada, com destaque para a A Bailarina de Catorze Anos (1880).

ENSAIO FOTOGRÁFICO

Ressaltando a crueza no trabalho de Degas, os cavaletes de vidro de Lina Bo Bardi que acompanham as obras passam a exibir a série Ensaio para Degas, com fotografias em preto e branco das esculturas de bronze que a artista plástica paulistana Sophia Borges passou o ano de 2020 realizando no museu. As imagens foram concebidas com o intuito de revelar, transformar e atualizar as obras de Degas de forma inovadora e radical. 

As imagens de Borges, exibidas em painéis, além dos cavaletes, estão disponíveis na galeria do primeiro andar do museu, em um diálogo muito próximo com as esculturas. Ainda há uma instalação numa sala pintada em dégradé e com um “fundo infinito” na cor preta, que cria o ambiente para uma experiência verdadeiramente imersiva para se apreciar o acervo de Degas. Para o segundo andar, destinado à coleção do museu e onde normalmente é exposta A Bailarina de Catorze Anos, a fotógrafa criou duas imagens que foram contrapostas no cavalete de vidro, inovando as possibilidades do icônico dispositivo do museu. 

ESCULTURAS QUE CONTAM HISTÓRIAS

A série bailarinas sobreviveu ao teste do tempo não apenas por sua beleza, mas pela força e pela narrativa que o artista conseguia imprimir em suas esculturas dedicadas ao universo das óperas e da música clássica, pelo qual Degas era fascinado. Em A Bailarina de Catorze Anos, Degas não representou uma bela jovem, mas, sim, uma jovem trabalhando arduamente para se tornar uma bailarina da Ópera de Paris. 

A obra mais famosa do artista foi inspirada na trajetória da jovem bailarina  Marie van Goethem, filha de uma lavadeira e de um alfaiate que ingressou no balé da Ópera de Paris aos 13 anos. As bailarinas retratadas por Degas geralmente vinham de famílias humildes e buscavam estabilidade social por meio da dança. Essas e outras histórias podem ser absorvidas na exposição, que reúne algumas das obras mais emblemáticas do artista, da escultura universal e da coleção do Masp. 

DEGAS 

No Masp – Avenida Paulista, 1578, São Paulo 

De terça a domingo

R$ 22 (meia-entrada) e R$ 45 (inteira); gratuito às terças-feiras

Ingressos com horário agendado: https://masp.byinti.com/#/ticket/eventInformation/xUEzJmdGZFtwCD1Olftc

Até 1º de agosto


SISTINE CHAPEL

Leia também:
Como é ter os Museus Vaticanos só para você?


LOUVRE; MUSÉE; MUSEUM

Leia também:
7 museus para visitar virtualmente durante a quarentena

Tags:
ArteViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
3
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
6
Kathleen N. Hattrup
O homem que beijou a testa do Papa diz que se curou em Lourdes
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia