Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Cultura & Viagem
separateurCreated with Sketch.

Igrejas estacionais de Roma: a Basílica dos 12 Apóstolos

WEB2-AMSXIIA26FEB21-Basilica-Santi-XII-Apostoli-Antoine-Mekary-ALETEIA-AM_6789.jpg

Antoine Mekary | ALETEIA

La chiesa appartiene al Patrimonio del Fondo Edifici di Culto - Ministero dell'Interno

Marinella Bandini - publicado em 26/02/21

Neste dia da Quaresma, uma grande igreja era necessária. Esta possui o maior retábulo de Roma

Antigamente, a sexta-feira da primeira semana da Quaresma era um dia vinculado à preparação dos ordenados ao diaconato e ao sacerdócio, os chamados “escrutínios”. Grandes igrejas eram necessárias, e é por isso que a Basílica dos 12 Santos Apóstolos foi escolhida como a “igreja estacional” deste dia.

A estrutura original da basílica remonta ao século VI. Foi dedicada aos Apóstolos Filipe e Tiago, cujas relíquias ainda estão guardadas na cripta. Um grande terremoto a destruiu (1348), e a basílica foi reconstruída no século XV. Desde então, foi dedicada a todos os apóstolos, cujas estátuas estão enfileiradas na balaustrada exterior.

Durante as várias restaurações sofridas ao longo do tempo, foram acrescentados o pórtico de nove arcos e a fachada de Valadier, bem como várias obras de arte. O retábulo, representando o “Martírio dos Apóstolos Filipe e Tiago”, é o maior de toda Roma.

A nave esquerda da basílica conecta-se ao edifício do convento. Ao longo da parede estão uma série de tumbas, incluindo a de Michelangelo Buonarroti, que foi enterrado aqui pela primeira vez em 1564 (hoje seu corpo está na Basílica da Santa Cruz, em Florença).

Repeli para longe de vós todas as vossas culpas, para criardes em vós um coração novo e um novo espírito. Por que haveríeis de morrer, israelitas? (Ezequiel 18, 31)

* Em colaboração com o Departamento para as Comunicações Sociais do Vicariato de Roma.

Tags:
História da IgrejaigrejasQuaresma
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia