Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 13 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Freira de Mianmar implora para que policiais não atirem em manifestantes

WEB2-MANIFESTATIONS-BIRMANIE-TWITTER.jpg

Twitter I @CardinalMaungBo

Reportagem local - publicado em 02/03/21

Ela se colocou de joelhos diante da tropa; manifestantes protestavam contra golpe que levou o exército birmanês ao poder em Mianmar

A imagem de uma freira de Mianmar ajoelhada diante de um grupo de policiais correu o mundo. De fato, a irmã Irmã Ann Nu Thawng, da Congregação de São Francisco Xavier, decidiu intervir para evitar a ação violenta das forças de segurança contra os manifestantes de Myitkyina, capital de Kachin.

Os manifestantes protestavam contra o golpe que levou o exército birmanês ao poder em Mianmar no dia 1.º de fevereiro. O exército declarou estado de emergência por um ano, cortou as linhas telefônicas na capital Naypyitaw e na cidade de Yangon. Além disso, suspendeu as transmissões da televisão estatal.

Os protestos

De lá para cá, vários protestos declarados pacíficos ocorreram nas ruas do país. Entretanto, segundo as Nações Unidas, a ação truculenta dos policiais matou pelo menos 18 manifestantes e deixou mais de 30 feridos até agora.

De acordo com as agências de notícias, a polícia teria reagido às manifestações com o uso de jatos de água, gás lacrimogênio, balas de borracha e munição letal. Diante deste cenário, a irmã Ann Nu Thawng, então, evitou mais ações violentas da polícia no último domingo, 28 de fevereiro. Ela se colocou de joelho diante da tropa e implorando que os homens não avançassem em direção aos manifestantes.

O exemplo da freira de Mianmar

O diretor do jornal Gloria News, o primeiro jornal católico online de Mianmar, falou à agência Fides sobre o exemplo da irmã. “A ação da freira e a resposta da polícia que, ao ver o apelo da religiosa parou, surpreendeu a muitos de nós. Irmã Ann hoje é um modelo para os líderes da Igreja: bispos e sacerdotes são chamados a sair de sua zona de conforto e tomar como exemplo a sua coragem…Mais de 100 manifestantes conseguiram encontrar abrigo em seu convento. Foram salvos dos brutais espancamentos e da prisão policial”.

O cardeal Charles Bo, arcebispo de Yangon, repercutiu a ação da freira de Mianmar. Em sua conta no Twitter, ele postou as fotos da irmã tentando impedir a ação policial e escreveu: “A irmã Nu Thawng, uma freira da Ordem de São Francisco Xavier, está implorando à força policial para NÃO atirar nos civis que protestam por liberdade e direitos humanos”.

https://twitter.com/CardinalMaungBo/status/1365954419410493440?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1365954419410493440%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fit.aleteia.org%2F2021%2F03%2F01%2Fsuora-fermare-violenza-polizia-esercito-colpo-stato-myanmar%2F

Tags:
freirasReligiososViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia