Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 05 Agosto |
Santos Vardan e companheiros
home iconCultura e Viagem
line break icon

Marcelino e Pedro, os mártires da selva negra

Antoine Mekary | ALETEIA

Marinella Bandini - publicado em 06/03/21

Reviva a antiga tradição quaresmal dos cristãos romanos descobrindo as "igrejas estacionais”

Quando eles foram mortos em uma selva negra, o algoz imaginava que os cadáveres desapareceriam para sempre. Mas os nomes Marcelino e Pedro ainda estão vivos e essa área, perto de Roma, hoje é conhecida como Selva Candida.

Foi Papa Damasco quem transmitiu a história do martírio dos dois religiosos, que ele havia ouvira do próprio carrasco, depois convertido ao cristianismo. Mais tarde, Papa Vigílio incluiu seus nomes no Cânon da Missa.

O exorcista Pedro e o presbítero Marcelino foram martirizados em 304. Eles foram torturados, obrigados a cavar suas próprias sepulturas e, depois, decapitados em Sylva Nigra, local que que mais tarde passou a ser chamado de Selva Candida em homenagem aos dois mártires. 

Naquela mesma noite, os dois apareceram num sonho para a matrona Lucilla e lhe mostraram o lugar de seu martírio. Dali os corpos foram levados para as catacumbas “Ad Duas Lauros”, fora das muralhas da cidade.

Hoje elas são chamados de Catacumbas dos Santos Marcelino e Pedro, embora os corpos dos dois mártires estejam na Alemanha desde o século IX.

A igreja dedicada aos santos Marcelino e Pedro “dentro das muralhas” de Roma, remonta ao século V. Os dois mártires aparecem no afresco do altar, datado do século XVIII, quando a igreja foi completamente reconstruída mantendo algumas de suas relíquias ainda preservadas. Em memória aos dois, a estação de sábado da segunda semana da Quaresma é ali celebrada. A eles os peregrinos confiam sua jornada.

Convinha, porém, fazermos festa, pois este teu irmão estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achadoSão Lucas, 15, 32

* Em colaboração com o Gabinete de Comunicação Social do Vicariato de Roma

Tags:
igrejasViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Princesa Diana no Accord Hospice
Reportagem local
Um padre católico acompanhou a princesa Diana na madrugada de sua...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia