Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Agosto |
São Maximiliano Maria Kolbe
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Como sobreviver em tempos de crise

ZNUDZENIE

Ekkaratk | Shutterstock

Talita Rodrigues - publicado em 15/03/21

Precisamos aproveitar este tempo de deserto para repensar o pensado, para reavaliar a importância das coisas e para aprender de uma vez por todas que o tempo passa

Estamos passando por tempos de crise. São, realmente, tempos difíceis. Não tínhamos ideia ou não pensávamos sobre quanta finitude cabe em nossas vidas.

Talvez antes desta pandemia nos esquecíamos de agradecer por conseguir respirar livremente – sem máscara no rosto -, por sentir o cheiro das rosas, dos nossos pratos e perfumes preferidos. Talvez nos esquecíamos de agradecer pela vida e pela saúde das pessoas que mais amamos. Quiça não déssemos a importância devida ou, simplesmente, não tínhamos tempo disponível para visitas e abraços.

Nós nos esquecíamos de valorizar o trânsito barulhento e agitado, as nossas idas e vindas durante todos os dias da semana e até mesmo a chuva que caía sobre nós quando estávamos a pé.

Não valorizávamos a fila para o elevador, o bom dia dos colegas de trabalho nem o chimarrão  ao entardecer com a família reunida. Afinal, era apenas mais um dia (ou um dia a mais).

Nós nos esquecíamos de olhar para a vida com um olhar colorido e digno. Nem sempre agradecíamos a Deus pelo dom da vida, por termos as pessoas que amamos ao nosso lado e pelas coisas mais simples que cercam a existência humana.

Talvez não fazíamos ideia de que o abraço cura, de que a companhia faz bem e de que a solidão pode matar aos poucos. Inclusive, arrisco dizer que carregávamos a falsa ideia de que nós e as pessoas que mãos amamos fossem infinitas. De que estaríamos aqui e de que estas pessoas também estariam aqui o tempo todo.

O que a pandemia nos ensinou

Com a chegada da pandemia não foi bem assim. Nesses tempos de crise, descobrimos a finitude de nossa vida e da vida das pessoas que amamos. Descobrimos o quão importante eram todos os momentos que vivíamos – fossem eles irritantes ou não.

Talvez não sabíamos a diferença, de fato, entre simplesmente existir e viver…

Hoje, nos vemos presos. Presos em casa, sem conseguir visitar as pessoas que amamos e até mesmo, em alguns casos, nos despedirmos pela última vez de um ente querido. Talvez, hoje, levemos a vida na comodidade que desejássemos antes. Mas e aí? Será que é assim mesmo que gostaríamos de viver?

Sobreviver em tempos de crise

Desejo que você utilize este tempo de deserto, para repensar o pensado, para reavaliar a importância das coisas e para aprender de uma vez por todas que o tempo passa. Com perdas ou sem perdas, a vida segue.

Este é o momento em que precisamos refletir e pensar sobre como sobre(viver). Neste tempo de crise, sobreviva com Fé. Sobreviva junto a Deus, com a convicção de que depois que tudo isso passar você agirá de forma diferente diante da vida e dos revezes que ela nos proporciona.




Leia também:
O segredo de Jesus para viver em tempos difíceis

Tags:
CoronavírusPandemiatempo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia