Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconReligião
line break icon

Abusos sexuais contra menores: bispos e religiosos da Polônia reforçam combate

DOM STANISŁAW GĄDECKI

Tomasz Jastrzębowski/REPORTER

Francisco Vêneto - publicado em 16/03/21

As instituições renovaram o empenho em trabalhar em parceria, operacionalizando ações por meio da Fundação São José

Abusos sexuais contra menores continuam sendo um desafio a ser combatido implacavelmente em nossos tempos e esta prioridade foi reforçada publicamente neste mês de março pelos bispos e congregações religiosas da Polônia.

Dom Stanislaw Gadecki (foto), presidente da conferência episcopal, e o pe. Janusz Sok, C.Ss.R., diretor da conferência dos superiores maiores das ordens masculinas no país, assinaram um compromisso conjunto com pautas voltadas a fortalecer o sistema de proteção infantil na Igreja local.

As duas instituições renovaram o empenho em trabalhar em parceria, operacionalizando as suas ações por meio da Fundação São José. Trata-se de uma organização que os bispos poloneses criaram em 2019 para amparar as vítimas desse tipo de crime hediondo. O objetivo, ressaltado nesta declaração conjunta, é “agir de forma solidária pelo bem das vítimas ​​e pela proteção dos menores”.

Abusos sexuais contra menores: bispos e congregações da Polônia reforçam combate

Durante a sua recente assembleia plenária, os bispos poloneses analisaram um relatório apresentado sobre este assunto pelo arcebispo dom Wojciech Polak. O documento, intitulado “Proteção de menores e assistência às vítimas de abuso sexual na Igreja na Polônia”, apresenta as ações realizadas pela Igreja no país durante o ano de 2020.

Tais ações, por sua vez, foram definidas a partir de um relatório prévio do episcopado, divulgado em 2019, e no qual se apontava que 382 sacerdotes haviam abusado sexualmente de um total de 624 vítimas ao longo dos 28 anos decorridos entre 1990 e 2018.

Ações realizadas

Segundo o atual relatório de ações realizadas, a Fundação São José investiu durante o seu primeiro ano de funcionamento em projetos como terapia individual para vítimas e um programa de prevenção de abusos voltado a pessoas com deficiência, mediante o Centro de Proteção Infantil. A fundação também apoiou um sistema de prevenção nas escolas católicas e um programa virtual para jovens líderes. Além disso, a fundação supervisionou a criação de dois sites específicos, um para atender vítimas de abuso sexual e acolher denúncias de danos ou negligências cometidos por parte da Igreja, e o outro para apoiar atividades pastorais focadas em combater os abusos.

Outras iniciativas discutidas

Os bispos ainda discutiram ajustes na catequese oferecida nas escolas, falaram de iniciativas para a vida familiar, trataram do papel dos leigos e trabalharam num documento sobre a formação dos sacerdotes na Polônia, adotando as diretrizes do decreto geral “O caminho da formação sacerdotal na Polônia”, que deverá entrar em vigor após a aprovação vaticana.

O Ano da Família que começa neste 19 de março também foi pauta do encontro episcopal.

Por fim, o episcopado da Polônia enviou nota de cumprimentos ao Papa Francisco pelos seus oito anos de pontificado completados neste mês.


Católicos da Polônia defendem vida e família ante violentos grupos pró-aborto

Leia também:
Violentos grupos pró-aborto na Polônia: bispos chamam fiéis a defender igrejas

Tags:
Abusos SexuaisBisposIgreja Católica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia