Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 05 Agosto |
Santos Vardan e companheiros
home iconCultura e Viagem
line break icon

Santos de ontem e de hoje: a Basílica de São Martinho nos Montes

Antoine Mekary | ALETEIA

La chiesa appartiene al Patrimonio del Fondo Edifici di Culto - Ministero dell'Interno.

Marinella Bandini - publicado em 18/03/21

Reviva a antiga tradição quaresmal dos cristãos romanos descobrindo as "igrejas estacionais”

A pequena basílica de São Martinho nos Montes, oficialmente chamada de Santi Silvestro e Martino ai Monti, está localizada sobre um edifício romano do século III, local em que provavelmente havia a casa do presbítero Equitius – daí se origina o “titulus Equitii” dado à essa igreja. No passado, tal espaço pode ter sido usado como armazém e, mais tarde, utilizado para cultos, como mostram as pinturas cristãs do século VI.

No século IV, o Papa Silvestre I construiu ali um grande oratório. Menos de um século depois, a igreja foi reconstruída e dedicada a São Martinho de Tours. Hoje é conhecida pelos nomes de Martinho e Silvestre.

A basílica foi completamente renovada em meados do século XVII. Entre outras coisas, o piso foi rebaixado e isso significa que, ao entrar na igreja, seu olhar é atraído para um cubo de mármore que sobe pela cripta, com um disco de pórfiro vermelho no centro. Ali estão guardadas as relíquias dos mártires retirados dos cemitérios suburbanos durante a reconstrução do século IX.

A basílica foi confiada às Carmelitas em 1229. Nela repousa o Beato Angelo Paoli (1642-1720). Ele passou a vida nas ruas de Roma, ajudando os pobres e os doentes. Ele não tinha nada, mas conseguia alimentar 300 pessoas por dia. Ele também fundou um hospital para os convalescentes. Dezenas de pessoas batiam à sua porta pedindo ajuda, tanto que ele ganhou os apelidos de “Pai dos Pobres” e “Irmão Caridade”.

De tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eternaSão João 3, 16




Leia também:
Basílica de São Lourenço em Dâmaso: marca de um papa arqueólogo e poeta

* Em colaboração com o Escritório de Comunicação Social do Vicariato de Roma

Tags:
igrejasViagem
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Princesa Diana no Accord Hospice
Reportagem local
Um padre católico acompanhou a princesa Diana na madrugada de sua...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia