Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Dois vizinhos e um comovente dueto de piano na pandemia

PIANO

Aris-Tect Group | Shutterstock

Cerith Gardiner - publicado em 31/03/21

Uma parede separava os pianos dos vizinhos, que não se conheciam. Mas a música os uniu em um momento de dor

Uma história recente no TikTok mostrou como dois vizinhos encontraram companheirismo e um novo sopro de vida durante a pandemia. Isso graças ao amor compartilhado pelo piano.

A história comovente começou quando Giorgio Lo Porto ouviu seu vizinho tocando piano através da parede que divide suas casas. Segundo o site Upworthy, Porto é um jovem italiano residente em Londres que decidiu deixar um bilhete na porta do vizinho, pedindo-lhe lhe para tocar “My Heart Will Go On”.

O misterioso vizinho atendeu prontamente. E foi além: sugeriu a Porto que fizessem um dueto – cada um no conforto de sua casa. Então, ele começou sua melodia às 14 horas e, quando parou, seu vizinho continuou. Com o tempo, os duetos entre esses dois estranhos se tornaram um compromisso de todos os fins de semana.

@giorgio_lp_

It was really fun #fyp#foryou#music#piano#neighbour#duet#love#foryoupage

♬ original sound – Giorgio Lo Porto

Companhia através da música

No dia 14 de fevereiro, Lo Porto compartilhou: “É Dia de São Valentim. Estamos fechados em casa. Não sei quem você é, mas estou aqui. Você não está sozinho.”

Uma semana depois, houve uma atualização da história. A dupla finalmente se conheceu e “foi melhor do que o esperado”, como compartilhou o jovem TikToker. O vizinho pianista misterioso era um polonês de 78 anos chamado Emil, que vivia em uma acomodação temporária até que sua casa fosse vendida.

“Ele perdeu a esposa em dezembro por causa da COVID e só lhe restou o piano como companhia. E o motivo pelo qual ele toca às 14 horas todos os fins de semana é porque a sua mulher adorava isso”, disse Lo Porto.

Embora Emil não quisesse aparecer em nenhum dos vídeos, ele compartilhou sua gratidão com Lo Porto por mantê-lo motivado durante um momento tão solitário da vida dele. O jovem compartilhou sua intenção de manter o encontro musical até que Emil encontrasse um lar permanente.

@giorgio_lp_

I wasn’t surprised – I knew there was a special soul behind that wall #fyp#foryou#music#neighbour#love#piano#foryoupage

♬ original sound – Giorgio Lo Porto

Inspiração

Enquanto os dois se ofereciam companhia, Emil também inspirou Lo Porto a escrever sua própria música, “Dear Emil”. “Quando escrevi esta peça, comecei a imaginar a vida de Emil. Com 78 anos, ele perdeu a esposa para este vírus estúpido. Passava dias sozinho em casa devido ao lockdown, alimentando a ansiedade por tocar suas músicas de piano favoritas às 14h todo fim de semana, até que um bilhete aparece em sua porta. Uma carta mostrando que ele foi ouvido e não está sozinho. E uma nova amizade começa. Dois pianos entre uma parede, sem saber quem estava tocando do outro lado. Mas não importava”,  compartilhou Lo Porto.

A dupla fez um dueto final juntos antes de Emil se mudar, no fim de fevereiro. Emile continuava evitando a câmera, mas disse estar mais feliz e agradeceu a todos que assistiram aos duetos.

Como Lo Porto apontou em seu vídeo: “Você pode ser a luz no fim do túnel para outra pessoa. Então continue brilhando!”

Final triste

Entretanto, a história tem um final triste: em 14 de março, Lo Porto compartilhou que seu velho vizinho havia falecido durante o sono. O jovem, então, escreveu:

“Querido Emil, eu sabia muito pouco sobre você, mas você mudou a minha vida. Você me devolveu minha paixão e nós a compartilhamos com o mundo. Você estará em meu coração. Vou continuar tocando, pensando em como a música pode ser poderosa. Você disse que eu era sua luz, mas você também foi minha. Adeus, Emil.”


MICHELE D'ALPAOS AND PAOLA AGNELLI

Leia também:
Pandemia: vizinhos italianos vão se casar após shows nas varandas

Tags:
AmorMúsicaPandemia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia