Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 30 Novembro |
Santo André 
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Ele deixou o hospital segurando a imagem de Nossa Senhora de Nazaré

DEVOTO, COVID

Ascom Pró-Saúde

Reportagem local - publicado em 11/04/21 - atualizado em 11/04/21

Venceu a Covid: o paciente de 35 anos precisou ser intubado por 11 dias. Ele não tinha histórico de outras doenças e apresentava 90% de comprometimento pulmonar

Os profissionais de saúde do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, na região do Xingu, presenciaram na noite da última quarta-feira, 7, um dos momentos mais marcantes na luta contra a pandemia da Covid-19.  

Arlindo Lima, de 35 anos, recebeu alta hospitalar após passar por um momento delicado durante a sua luta pela vida no HRPT. O paciente deu entrada na unidade no dia 22 de março, apresentando comprometimento pulmonar de 90% devido a complicações causadas pelo novo coronavírus. 

Ao todo, foram 13 dias internado em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Mesmo considerado jovem e sem histórico de comorbidades, Arlindo precisou ser intubado por 11 dias, recebendo todos os cuidados da equipe assistencial. 

Após passar pelos cuidados intensivos, apresentou melhora significativa e foi transferido para a enfermaria, onde permaneceu por quatro dias antes de ser liberado para voltar aos braços da família. Durante a despedida do hospital, o reencontro com a irmã, Lucia Lima, foi emocionante. 

De joelhos e agradecendo a Deus, Lucia fez questão de cumprir uma promessa que fez para a Nossa Senhora de Nazaré, entregando um terço de madeira ao irmão. “Eu prometi que entregaria este terço aqui na frente do Regional, no dia da sua alta”, disse.  

Arlindo e toda sua família são extremamente católicos. Ele saiu do hospital segurando a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira dos paraenses. Além disso, recebeu diretamente das mãos da irmã um terço, em cumprimento de uma promessa à Santinha.

Arlindo voltou para a casa com outros membros da família, após vencer uma importante batalha contra a Covid-19 no Regional Público da Transamazônica.  

“Recebemos o Arlindo com insuficiência respiratória grave, com necessidade de ventilação mecânica. Ele conseguiu responder satisfatoriamente ao tratamento. Ele é mais um exemplo do trabalho dedicado de toda a nossa equipe multiprofissional”, afirmou Gabriela Resende, médica da Pró-Saúde com atuação no HRPT.  

Na despedida do hospital, Arlindo saiu segurando a imagem de Nossa Senhora de Nazaré e agradeceu por todo o tratamento que recebeu. 

Paciente de 31 anos é recuperado da Covid-19 

No final de semana, outro paciente, Nilo Aranha, de 31 anos, também deixou a unidade recuperado, após ficar intubado por dez dias para o tratamento intensivo contra a doença.  

Desde o início deste mês de abril, 16 pacientes já receberam alta e puderam voltar para casa recuperados da Covid-19. Eles se unem aos mais de 340 pacientes que receberam alta desde abril do ano passado, quando o HRPT se tornou referência para os casos graves da doença. 

O Regional Público da Transamazônica é uma unidade que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciada pela Organização Social Pró-Saúde. Com atendimento 100% gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o hospital é referência para nove municípios da região de integração do Xingu. 

O HRPT é reconhecido nacionalmente entre os melhores hospitais públicos do Brasil. A unidade possui a certificação ONA 3, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), um reconhecimento que atesta a qualidade dos serviços prestados à população no interior do Pará. 

Tags:
CoronavírusCovid
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia