Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Diocese pede ajuda após erupção de vulcão no Caribe

Vulcão La Soufrière, São Vicente e Granadinas

Pixabay

Francisco Vêneto - publicado em 12/04/21 - atualizado em 12/04/21

Teme-se que as atividades vulcânicas se prolonguem e aumentem risco de contágios pela covid-19 nos abrigos de emergência

Diocese pede ajuda após erupção do vulcão La Soufrière, na ilha caribenha de São Vicente. O território faz parte de São Vicente e Granadinas, um pequeno país composto por 32 ilhas e ilhotas no Mar do Caribe, das quais apenas 9 são habitadas. A capital, Kingstown, se localiza na maior e principal delas, que é justamente São Vicente. E é na parte norte dessa mesma ilha que se situa o vulcão agora em erupção.

A lava começou a ser expelida na manhã da última sexta-feira, 9. Neste domingo, 11, uma segunda grande explosão afetou o abastecimento de água e energia elétrica na ilha. O transporte rodoviário também sofreu limitações devido à queda de pedras e cinzas despejadas pelo vulcão. Teme-se que as atividades vulcânicas prossigam durante dias ou mesmo semanas, o que obrigaria o governo a manter abrigos de emergência nos quais aumentaria também o risco de contágios pela covid-19.

Diante deste panorama, a diocese católica de Kingstown pediu ajuda e orações via rede social:

“Enquanto continuamos rezando pela nossa nação, pedimos que todos se lembrem especialmente das pessoas que tiveram de ser deslocadas”.

Diocese pede ajuda após erupção

A diocese informou ainda que existe “urgente necessidade” de colchões e roupa de cama, já que algumas escolas e igrejas abriram as portas para acolher os deslocados. A população foi convidada a deixar doações na Catedral da Assunção, situada na capital.

Cerca de 16 mil pessoas vivem na chamada “zona vermelha” das proximidades do La Soufrière, a maioria das quais já foi evacuada.

O vulcão havia entrado em erupção pela última vez em 1979, mas o episódio de atividade vulcânica mais grave registrado nos últimos 120 anos ocorreu em 1902, quando 1.600 pessoas morreram.

Tags:
Igreja Católicasolidariedade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia