Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 24 Setembro |
home iconEstilo de vida
line break icon

Como pensar como Dante Alighieri

DANTE INFERNO

Manuel Cohen | AFP

Michael Rennier - publicado em 19/04/21

Se todos nós pensarmos mais como Dante, estaremos muito mais bem preparados para os desafios modernos

Eu regularmente cito Dante Alighieri nas minhas homilias. Tenho certeza que meus paroquianos já estão cansados ​​disso, mas eles são um grupo paciente, disposto a aturar um padre excêntrico como eu.

Eu sei que quando um nome como Dante Alighieri surge, muitos param de ouvir porque foram convencidos, em algum momento de suas vidas, de que não conseguem entender sua poesia. Apenas professores fumantes de cachimbo que usam paletós com remendos de couro nos cotovelos podem falar sobre “A Divina Comédia”. Quando eu falo sobre Dante, no entanto, é para apresentar a eles a beleza de sua poesia, que é para todos.

Quando Dante escreveu sua “A Divina Comédia”, ele o fez com a intenção de que cada pessoa pudesse entendê-la. É por isso que ele escreveu em italiano, ao invés da língua mais acadêmica, o latim. Até hoje, seu trabalho tem um apelo abrangente porque não se preocupa com questões intelectuais obscuras, mas sim com as experiências que você e eu temos em nosso dia a dia.

Dante Alighieri e os desafios modernos

Recentemente, a Igreja Católica celebrou o aniversário de 700 anos da morte de Dante Alighieri com o lançamento de uma Carta Apostólica. Nela, o Papa Francisco escreve que a vida e a obra de Dante são atemporais. Eu concordo. Se todos nós pensarmos mais como Dante, estaremos muito mais bem preparados para enfrentar os desafios modernos.

Por causa da guerra em sua cidade natal, Florença, Dante passou grande parte de sua vida no exílio, sem poder voltar para casa. Ele descreve como isso foi difícil para ele:

“Tu provarás como tem gosto de sal
o pão alheio, e descer e subir
a alheia escada é caminho crucial.”

Qual de nós não sentiu essa sensação de exílio? Qual de nós não sentiu saudades de casa ou não estava no lugar certo em nossas vidas?

Sentimento de exílio

Há uma razão pela qual tantas pessoas estão insatisfeitas e procuram incessantemente algum tipo de significado para sua existência. Não existem apenas lugares que amamos que devem ser deixados para trás, como uma casa de infância vendida , uma mudança difícil para uma nova cidade, uma cidade universitária que nunca mais se sente igual , mas também há pessoas que continuam na jornada apesar de tudo. É o caso de ter um pai que morreu, uma amizade que vacilou, filhos que cresceram antes de estarmos prontos para isso.

Há uma razão pela qual essas experiências nos deixam profundamente afetados, a ponto de ficarmos inquietos e inseguros de como exatamente nos encaixamos neste mundo. Este mundo não é nosso verdadeiro lar, então somos constantemente atormentados por um sentimento de saudade.

Como lidar?

Como podemos lidar com esses sentimentos? O Papa Francisco ressalta que Dante admite sua melancolia e não finge que a vida é perfeita. Por exemplo, no oitavo canto do Purgatório, ele escreve:

Era já a hora em que a saudade se volta/ aos navegantes e enternece seu coração/ no dia em que deram adeus aos amigos queridos;e em que o novato viajante punge/ de amor, se ouve sino ao longe,/ que parece prantear o dia agonizante

Dante, ponderando seu exílio, os amigos que perdeu e a fragilidade da vida, não ignora a dor. Ele faz algo muito melhor. Reconhece seu sofrimento e o transforma. Entende que a vida é uma jornada e, por definição, uma jornada envolve deixar pedaços de nós mesmos no caminho.

Crescimentos pessoal e espiritual

Essa luta pelo crescimento pessoal e espiritual é como pegar um peso pesado e escalar uma montanha, mas é a chave para a felicidade. Em vez de chafurdar na autopiedade ou aceitar a mediocridade, Dante nos ensina a pensar na vida como uma peregrinação heroica, na qual transformamos nosso sofrimento, nosso passado e nossos desejos para lutar pelo objetivo final, atingir o amor a si mesmo, que é Deus.

Esta é a visão de um lar perfeito que nos mantém avançando e dá sentido às nossas vidas.

Em minha vida, lidei com depressão, tristeza e sentimentos de rejeição. Eu tive uma crise completa de meia-idade. Estive tão frustrado que estava com vontade de largar meu emprego. Eu senti a dor de desejos que são impossíveis de cumprir. E Dante me ajudou em tudo isso. Ele me ajudou a colocar esses contratempos e desejos não realizados aos pés de Deus. No final, é apenas Deus quem os leva e traz a cura.

Dante e a fé em Deus

Para Dante Alighieri, aprender a confiar em Deus foi um caminho longo e difícil. É o mesmo para todos nós. Isso não significa que devemos desistir, porque se há uma coisa que Dante me ensinou é que sempre há algo mais.

Portanto, procure o próximo nível. Dê o próximo passo. Por fim, todos nós chegamos à fonte do desejo, o próprio Deus, e então conheceremos o amor verdadeiro e encontraremos um lar eterno.

Tags:
Trabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
2
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
3
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel presta uma homenagem eletrizante a Maria
4
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
5
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
6
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
7
Oração católica para pedir chuva
Reportagem local
Existe oração católica para pedir chuva? Sim, e aqui vai ela
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia