Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Eleição de Bento XVI ao pontificado completa hoje 16 anos

Papa Bento XVI no Brasil

Ricardo Stuckert- | ABr-(CC BY 3.0 BR)

Francisco Vêneto - publicado em 19/04/21

No primeiro discurso, ele se definiu como "simples e humilde trabalhador na vinha do Senhor"

A eleição de Bento XVI ao pontificado completa hoje 16 anos: em 19 de abril de 2005, os cardeais elegeram um dos mais estreitos colaboradores de João Paulo II para sucedê-lo na cátedra de Pedro.

O cardeal Joseph Ratzinger, até então prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, passaria para a história como o Papa Bento XVI.

A Praça de São Pedro continuava repleta de fiéis do mundo inteiro desde o início daquele abril, quando as vigílias de oração pelo Papa polonês tomavam diariamente as manchetes do planeta. Após a morte de João Paulo II, as multidões ainda se reuniam no Vaticano para homenagear o pontífice que havia conduzido a Igreja durante 26 anos, 5 meses e 17 dias.

Depois das cerimônias de despedida do Papa falecido, o público passou a se reunir à espera da ansiada fumaça branca que, subindo ao céu a partir da chaminé da Capela Sistina, finalmente anunciaria que “habemus Papam“.

Eleição de Bento XVI ao pontificado

A confirmação da eleição aconteceu às 17h56 do horário romano: o colégio cardinalício, que estava reunido havia dois dias em conclave, tinha acabado de escolher o 265º sucessor de São Pedro.

Poucos dias depois, na audiência geral de 27 de abril, Bento XVI explicou o porquê de ter escolhido esse nome: ele evocava a coragem de Bento XV, que havia sido o pontífice durante os árduos tempos que englobaram a Primeira Guerra Mundial e a mortífera pandemia de gripe espanhola (1914 a 1922), mas também recordava o indelével legado do patriarca do monaquismo ocidental, São Bento de Núrsia, co-padroeiro da Europa.

Em seu primeiro discurso como Papa, Bento XVI se apresentou como “um simples e humilde trabalhador na vinha do Senhor”. Pedindo as orações dos fiéis pela sua nova missão, ele declarou que Deus “sabe trabalhar e agir também com instrumentos insuficientes”.

Fraco fisicamente, mas mentalmente lúcido

Neste mês de abril de 2021, dom Georg Gänswein, secretário pessoal do hoje Papa Emérito, afirmou que Bento XVI não esperava viver tanto tempo após a sua renúncia ao pontificado, em fevereiro de 2013. Bento, no entanto, acaba de completar 94 anos na última sexta-feira, 16 de abril, tornando-se o primeiro Papa a atingir essa idade nos dois milênios de história da Igreja Católica.

No final de dezembro de 2020, o mesmo dom Gänswein havia declarado em entrevista ao tabloide alemão Bunte que Bento está muito fraco fisicamente, mas continua mentalmente lúcido. O arcebispo acrescentou que reza diariamente a Liturgia das Horas e o terço com o Papa Emérito e recordou que todo sacerdote, inclusive o Papa, reza não só por si mesmo, mas pelas pessoas que foram confiadas a ele e, especialmente, “por aqueles que não querem ou não podem rezar”.

Tags:
Bento XVIHistória da IgrejaIgrejaPapa
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia