Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Você blasfema sem perceber? Veja por que não fazer isso

SURPRISE

Khosro - Shutterstock

Benito Rodríguez - publicado em 19/04/21

E saiba o que você deve fazer quando alguém - jovem ou velho - blasfemar na sua frente

Você já deixou escapar alguma blasfêmia? Blasfemar ofende a Deus. Talvez algumas dessas expressões não sejam ditas com a intenção de fazer mal, mas os cristãos não devem usar palavras sagradas com banalidade no nosso quotidiano.

Segundo o padre Daniel Londoño, de Bogotá, Colômbia, todo católico deve estar atento para não usar de maneira desrespeitosa e como gíria comum palavras que pertencem ao universo do sagrado.

3 ensinamentos claros do porquê não blasfemar

O primeiro é encontrado nos Mandamentos: “Não tomarás o nome de Deus em vão”. Claramente, alude ao respeito ao nome do Senhor e ao uso das coisas sagradas. O nome do Senhor só deve ser usado para abençoá-lo, louvá-lo e glorificá-lo.

Existem vários ensinamentos bíblicos sobre a gravidade da blasfêmia. Por exemplo, Tiago, na sua epístola a uma comunidade de cristãos, reprova “os que blasfemam contra o belo nome de Jesus (2, 7).

São Paulo exorta os efésios: “nenhuma palavra má saia da vossa boca”. E na carta aos Colossenses ele diz “agora, porém, deixai de lado todas estas coisas: ira, animosidade, maledicência, maldade, palavras torpes da vossa boca”.

O Papa Francisco também tem alertado repetidamente sobre a blasfêmia. Durante sua visita de 2017 à comunidade de Santa Magdalena de Canossa, em Roma, ele disse: “os xingamentos são feios”, “mas nunca, nunca blasfemem”.

O que fazer perante uma blasfêmia

Tente erradicar as expressões blasfemas de seu vocabulário. Não devemos aceitar como algo normal o uso inadequado e desrespeitoso das palavras sagradas.

Se você pronunciou alguma expressão e depois percebeu que era blasfema, faça imediatamente uma jaculatória (pequena oração) ou um ato de reparação.

A Igreja tem muitas jaculatórias que podem ser usadas como ato de reparação e como gesto de amor a Cristo: “Bendito seja Deus”, “Bendito seja o seu Santo Nome”, “Bendito seja o nome de Jesus”, “Bendito seja o nome da Virgem Maria”…

Não fique impassível se alguém em seu ambiente blasfemar. Recomenda-se uma correção fraterna, sem medo nem vergonha, pois assim se defende a fé.

Se forem pessoas próximas a você que estiverem usando expressões inadequadas, você pode explicar caridosamente o verdadeiro significado da palavra ou expressão e dizer por que isso pode incomodar um cristão.

Tags:
BíbliaPecadoVirtudes
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia